19 de março, dia de São José!


São José estava noivo de Maria e, ao saber que ela estava grávida, decidiu abandoná-la, pois o filho não era dele. Ele pensou em abandoná-la para que ela não fosse punida com a morte por apedrejamento.

Então, ele teve um sonho. Um anjo lhe disse que Maria havia ficado grávida pela ação do Espírito Santo, e que o menino que iria nascer era Filho de Deus. Ele aceitou Maria como esposa.

Pela Fé. Fé Absoluta.

Vivendo do trabalho de suas mãos, como carpinteiro, sustentou sua família com dignidade e exemplo. A profissão de carpinteiro propiciava dignidade à família.


Pelo Dom de ser trabalhador.

São José foi importantíssimo na formação da personalidade de Jesus enquanto pessoa humana. Jesus foi um menino e um homem que teve um pai presente, piedoso e influente. Um pai que ensinou ao filho o caminho da justiça, da verdade, do amor e do conhecimento da Palavra de Deus. Não é à toa que São José é chamado de “Justo” desde os Evangelhos. Por isso, São José é um dos maiores santos de todos os tempos.

Pelo Dom de ser Pai.

São José devotou sua vida aos cuidados de Jesus e Maria. Quando o anjo avisou a José que Herodes queria matar o menino Jesus, mandou pegar o menino e sua mãe e fugirem para o Egito. José obedeceu. Após 4 anos o anjo apareceu novamente a José em sonhos e avisou que eles poderiam voltar para Nazaré porque Herodes tinha morrido. José obedeceu e levou a Sagrada Família novamente para Israel.

Pelo Dom de ser Guardião da Sagrada Família.

Não é sem razão que a Igreja, no meio da Quaresma, tira o roxo no dia 19 de março e coloca o branco na liturgia para celebrar a festa de São José. Entre todos os homens do seu tempo, Deus escolheu o glorioso São José para ser pai adotivo de seu Filho divino e humanado.

O grande doutor da Igreja Santo Agostinho compara os outros santos às estrelas, e São José ele compara ao Sol. A esse grande santo, Deus confiou Suas riquezas: Jesus e a Virgem Maria.

Não são poucas a citações de elevação de São José como intercessor e exemplo para nós. Esta é uma das revelações que foram dadas à Serva de Deus Santa Águeda:

“Pela intercessão de São José alcançamos a virtude da castidade e a vitória sobre as tentações contra pureza; alcançamos o poderoso auxílio da graça para sair do pecado e voltar à amizade com Deus; alcançamos a benevolência da Santíssima Virgem Maria e a verdadeira devoção a ela; alcançamos a graça de uma boa morte e a especial proteção contra o demônio nesta hora”. Nossa Senhora também revelou a Santa Águeda: “Os homens ignoram os privilégios que o Senhor concedeu a São José, e quanto pode sua intercessão junto de Deus. Somente no dia do Juízo os homens conhecerão sua excelsa santidade e chorarão amargamente por não haverem recorrido desse meio tão poderoso e eficaz para sua salvação e alcançar as graças de que necessitavam”.

Reconhecendo esta maravilhosa intercessão que Deus permitiu para nós junto a Seu Santo Filho, Jesus, oremos:

A vós, S. José, recorremos por este laço sagrado que constituístes junto à Virgem Imaculada Mãe de Deus, e ao Menino Jesus. Vos suplicamos que lanceis um olhar benigno para a herança que Jesus Cristo conquistou com seu Sangue, e nos socorrais em nossas necessidades com o Vosso auxílio. Protegei, ó Guarda providente da Divina Família, o povo de Deus. Afastai para longe de nós, ó pai amantíssimo, a peste do erro e do vício. Assisti-nos do alto do céu na luta contra o poder das trevas; e assim como outrora salvastes da morte a vida ameaçada do Menino Jesus, assim também defendei agora a Santa Igreja de Deus contra as ciladas de seus inimigos e contra toda adversidade. Amparai a cada um de nós com o vosso constante patrocínio a fim de que, a vosso exemplo, possamos viver virtuosamente, morrer piedosamente e obter no céu a eterna bem-aventurança. Amém.

Movimento Escalada em Salvador, 19 de março de 2019.

#momentoprojetodeoração #oração #sãojosé #pai

Outros Posts

Bahia - Pernambuco - Sergipe

© 2016 por Movimento Escalada.