ONDE NÓS ESTAMOS

BAHIA
PERNAMBUCO
SERGIPE
 

O Grupo de Coordenação é composto por representantes dos diversos zonais e projetos do Movimento e de integrantes com funções específicas como secretaria, tesouraria, almoxarifado e coordenadores gerais.

O Grupo se reúne semanalmente para definir e organizar a operacionalização do Movimento em equilíbrio com todos os grupos.

O Conselho de cada cidade é formado pelos ex-coordenadores do Movimento. Em alguns casos, outros alpinistas são sugeridos e aprovados pelos integrantes do conselho e o integram após aprovação do Grupo de Coordenação.

O Conselho zela pelo andamento do Movimento em consonância com a Igreja Católica, e para tanto se reúne, no mínimo, três vezes ao ano.

O CDC é formado pelos atuais coordenadores de cada cidade em que o Movimento se faz presente e de mais duas pessoas indicadas pela coordenação de cada cidade. 

A integração das cidades e o zelo pela unidade do Movimento faz com que o Conselho das Cidades seja uma entidade muito importante. O CDC se reúne ao menos duas vezes por ano.

 

Em 1998, uma semente foi plantada com um convite para participar do encontro em Salvador. Em 2008, após anos de “namoro”, o primeiro encontro aconteceu em Aracaju, na Paróquia Sagrado Coração de Jesus, com o apoio dos casais do ECC. A presença de alpinistas de outras cidades foi muito importante para fortalecer a “cultura” alpinista na comunidade e orientar os mais novos. As sementes iniciais começaram a dar frutos e outros encontros foram realizados, e assim novos jovens sendo evangelizados. O escalada não pára, após esses encontros o jovens continuam engajados na igreja através de projetos, os quais buscam fortalecê-los na fé sendo agentes transformadores de suas próprias vidas e dos que estão a sua volta. Atualmente, os alpinistas contam com o Projeto Música, Projeto de Oração, Projeto Magnificat e as reuniões de Zonal.

 

Em 2007, jovens de Conceição do Almeida participaram do encontro do Movimento Escalada em Cruz das Almas, iniciando uma grande jornada missionária na cidade. O primeiro encontro na cidade aconteceu em 2009, proporcionando a continuidade do Movimento, uma vez que muitas sementes haviam sido plantadas. A partir do Escalada, jovens alpinistas continuam encontrando seus papéis dentro da comunidade e percebem o seu potencial como agente de transformação. Assim diversos projetos de caráter solidário aproximam o Movimento Escalada da comunidade, como Reveste de Amor, Natal Solidário, Corrente Musical, Trezenas de Santo Antônio e Escaladinha. Há ainda outros Projetos com foco na formação enquanto jovens alpinistas, como Estudo do Youcat, Tipo Assim, Oficina de Música e o Projeto Música.

 
 

O Movimento Escalada em Ilhéus teve início no ano de 2000, através do Movimento Escalada em Ilhéus e do Encontro de Casais. No decorrer dos anos, o Movimento foi se aprofundando no carisma de Ser Pessoa em Clima de Oração, agregando novos jovens à família Escalada e à Igreja Católica e realizando serviços para toda a comunidade, através dos Projetos de Oração, Música, Social e Missionárias. Em 2013, um sonho nasceu no coração de alguns alpinistas e se concretizou no Projeto Ser Solidário, o Sopão, que distribui sopa, pão, agasalho e cobertores para pessoas em condições de vulnerabilidade social.Atualmente, além dos projetos citados, o Movimento vem desenvolvendo o Projeto Pais e Filhos e o Escaladinha por uma necessidade de inserir toda a família dos jovens na caminhada cristã e ampliar a evangelização.

 
 

Em 1994 Jacobina foi a terceira cidade a receber o primeiro encontro missionário do Movimento Escalada, com o apoio do Encontro de Casais com Cristo (ECC) e de algumas freiras da comunidade. Além dos encontros anuais, o serviço vem sendo desenvolvido a partir de projetos do Movimento como, o Projeto de Oração, o Projeto Magnificat, o Sexteto, o Projeto de Música e o Projeto Pais e Filhos.  Além de atividades do cotidiano da Paróquia de Santo Antônio, festejos e celebrações. O Movimento também auxilia o ECC em suas atividades.

 
 

O Movimento Escalada em Juazeiro foi implantado em 2005 através da Pastoral Familiar e do Movimento Escalada em Petrolina. Os alpinistas são bastante atuantes na comunidade, especialmente através dos diversos projetos que existem na cidade: Projeto Arauto, Projeto Liturgia, Projeto Magnificat, Projeto de Música, Projeto de Oração, Projeto Pais e Filhos e Projeto Missionárias. O Movimento atua na Paróquia de Catedral Santuário Nossa Senhora das Grotas.

O Movimento Escalada foi implantado em Petrolina em 1995, na Paróquia Nossa Senhora Rainha dos Anjos. Em 2013 percebeu-se a necessidade de abarcar jovens de maior faixa etária, surgindo assim a Escalada Master em Petrolina.

Os alpinistas contam com o Zonal Regular, o Zonal Master, o Projeto de Oração, o Mão amiga (Projeto Obras de Misericórdia), Liturgia/Escola da Fé, Projeto de Música (Folclore/coral), Projeto Pais e Filhos e Projeto Missionárias.

 
 
 
 

Em 2002, vinte jovens de Canavieiras participaram do Encontro em Ilhéus e em Itabuna. Durante os 3 anos seguintes esses jovens permaneceram firme na vontade de levar o Movimento diretamente para Canavieiras, se fortalecendo através de reuniões e arrecadando fundos para finalmente no ano de 2005 ocorrer o I Encontro do Movimento Escalada em Canavieiras, a partir de Itabuna.

Durante os 4 anos seguintes, Itabuna e Ilhéus se fizeram presente e ajudaram diretamente no fortalecimento do Movimento em Canavieiras. Hoje o Movimento trabalha de forma atuante na Paróquia de São Boaventura.

O Movimento Escalada em Cruz das Almas foi implantado em 1991. A cidade passou por diversos processos de refundação, principalmente as questões referentes a encontros e atividades de coordenação. Na caminhada de serviço, muitos projetos foram criados e outros foram trazidos de outras cidades: Projeto Despertar, Projeto de Música, Projeto Catequisando com Amor, Projeto de Oração e Missa, Projeto Espiritualidade. Há ainda diversas ações magnificas permanentes: Trote Solidário, Gincana Solidárias,  Baba Solidário, Visita ao Lar dos Idosos e parceria com o Cristão Solidário. O Movimento está nas paróquias: Senhora do Bom Sucesso e São José. Estando o grupo convidado como responsável para assumir alguma função em todos os eventos das Paróquias e de algumas comunidades. Após mais de duas décadas de história, a cidade também implantou a Escalada Master.

Em 1994, o Movimento Escalada nasce em Itabuna, sediado inicialmente na Catedral de São José e depois também na Paroquia Nossa Senhora das Vitorias.

No ano 2000, alpinistas de Itabuna implantaram o Escalada na cidade de Ilhéus e, em 2005, na cidade de Canavieiras.

Através dos Projetos Música, Oração, Magnificat, Zonal e Missionárias, os alpinistas atuam de forma ativa na comunidade. Os alpinistas da cidade se reúnem ordinariamente de forma quinzenal aos sábados, na Cúria Diocesana da Catedral de São José. Às quartas-feiras realizam o Grupo de Oração na Capela do Santíssimo Sacramento, na Catedral de São José, como também de forma itinerante em outras paroquias e casas de alpinistas.

O Movimento Escalada em Jequié foi implantado no ano de 1996, através do projeto missionárias. Entre os anos de 1996 a 1999 foi realizados um encontro de evangelização por ano. Sendo que em 1999 as atividades do movimento na cidade foram desativadas tendo ficado sem atuação na cidade por um período de 15 anos. Em 2015, as cidades do núcleo sul (Canavieiras, Ilhéus e Itabuna) e Salvador organizaram a reimplantação do Movimento Escalada em Jequié.

No ano de 2016 o Movimento em Jequié voltou às suas atividades com encontro regular para jovens entre 14 e 17 anos e hoje conta com reuniões semanais de pós. A realização de ações Magnificat, peregrinação do quadro de Nossa Senhora do Escalada na casa das famílias de alpinistas e as reuniões do Projeto Música são atividades que vêm sendo realizadas.

O Movimento Escalada em Lauro de Freitas é motivo de muita alegria pra todos os alpinistas, a implantação se iniciou em 2014.

Os alpinistas se integram ao Projeto Missionárias de Salvador, realizando oficinas e proporcionando momentos onde os alpinistas possam aprender mais sobre a grandeza e a maravilha que é o Escalada! Hoje realizamos um terço a cada mês na casa dos alpinistas. Ajudamos na realização da festa do padroeiro de nossa paróquia, da festa junina, e participamos das ações de caridade, como as visitas ao "Recanto da Transfiguração".

Em 1978, um grupo de jovens que participou de um encontro em São Paulo, trouxe o conceito para Salvador. No início um único encontro era realizado por ano na cidade. O Escalada só ganhou a dimensão de movimento em 1985, quando os alpinistas resolveram organizar o ‘pós-escalada’. Em 86, foi criada a coordenação (chamada de Grupo de Apoio), passou-se a realizar encontros específicos por zonas (Vitória e Pituba, envolvendo bairros vizinhos) e houve as primeiras tentativas de Escaladas Missionárias. Neste ano surgiu o Arauto, uma espécie de folder, que trazia temas para reflexões. Em 91, foi realizada a Primeira Escalada Missionária, em Cruz das Almas. Em 93, consolidaram-se as “Escaladas Missionárias” com a implantação em diversas cidades. Foi também realizada a Primeira Escalada do Engenho Velho de Brotas, uma comunidade carente. No mesmo ano, os projetos foram formados: Projeto Arauto, Projeto de Apoio Zonal, Projeto Missionárias, Projeto de Música, Projeto de Oração, Projeto Pais e Filhos, Projeto Magnificat.

Bahia - Pernambuco - Sergipe

© 2016 por Movimento Escalada.