Tema Anual

2020

MOVIMENTO ESCALADA: CASA DO PÃO, DA PALAVRA, DA MISSÃO, DA CARIDADE. UMA COMUNIDADE ECLESIAL MISSIONÁRIA.

Mais uma vez o Movimento Escalada se coloca no caminho de comunhão com a Igreja e trilha a meta de construir uma casa usando os pilares do Pão, da Palavra, da Missão e da Caridade. Uma casa, Comunidade Eclesial Missionária.

Para a Igreja no Brasil, um objetivo até 2023. São diretrizes norteadoras de toda a ação da grande comunidade católica brasileira. E vamos, como movimento, seguir junto com os nossos pastores.

Vivemos numa sociedade de cultura urbana, mesmo quando não estamos em grandes cidades. Existe uma mentalidade, disseminada em todas as pessoas, especialmente nos jovens. Essa cultura trás luzes e sombras. Diante dela, não podemos nos deslumbrar, achando que tudo é bom e belo, pois corremos o risco de cair nas armadilhas que ela carrega. Também não podemos incorrer no escapismo, focando apenas no que ela trás de negativo. Estamos e é, nesse chão, que somos chamados a fazer florescer a fé em Cristo Jesus.

A presença cristã será sempre mais eficaz enquanto formos oásis para a aridez da sociedade contemporânea. Neste sentido, a Igreja nos propõe a ideia da casa que acolhe e envia. Casa de portas sempre abertas, onde todos possam entrar para o encontro com Deus e com os irmãos e sair para anunciar que vale a pena ser cristão. É casa, Comunidade Eclesial Missionária.

Para construir uma casa, bem simples para que todos possam fazê-lo, a Igreja nos propõe quatro pilares. Importante lembrar que os quatro pilares devem ser levantados simultaneamente. Não há prioridade entre os quatro. Os quatro são prioridade.

O Pilar do Pão, nos lembra que não podemos viver sem alimento. O alimento para a vida cristã é a espiritualidade. Uma espiritualidade fundamentada na Eucaristia. A participação na Eucaristia, a vida de oração, o encontro pessoal com Jesus Cristo é constitutiva para o cristão. Como grupo e como grupos, como pessoas e como família, devemos fazer da Eucaristia um ponto fundamental em nossa vida, um pilar na casa Escalada.

O Pilar da Palavra diz respeito a Iniciação à Vida Cristã e a Leitura Orante da Bíblia. A Palavra de Deus, para ser amada e se tornar vida, deve ser conhecida e aprofundada. Muitas vezes as estruturas do Movimento não alcançam esse aprofundamento. Mas as paróquia e dioceses sempre estão oferecendo formação, aprofundamento, além do IVC ou Catequese já existente de forma orgânica. Buscar esse aprofundamento deve ser meta de todo alpinista que deseje sair das planícies de uma vida cristã mediana e, de fato, alcançar as alturas de Deus na experiência cristã.

Não há, para o cristão, a opção de não ser missionário. Só existe a opção de ser, ou não, cristão. Ao optarmos pelo cristianismo, escolhemos a missão. Por isso o Pilar da Missão é fundamental para construção da Comunidade Eclesial Missionária Escalada. Já carregamos na vida a alegria das Escaladas Missionárias. Graças a elas chegamos a lugares que não imaginávamos e só fomos pela Graça de Deus. Precisamos avançar com mais encontros e outras modalidades de fazer ecoar a Mensagem de Jesus Cristo. A missão de evangelizar é constitutiva da nossa identidade pela própria realização dos encontros ordinários regular e máster. Jesus, através dos nossos pastores no Brasil, nos pede um algo mais.

O Pilar da Caridade quer sustentar a nossa casa com a prática do amor, que defende a vida, os últimos, os mais fracos. Um desdobramento inevitável para quem participa da Eucaristia e mergulha na Palavra. Como construir uma casa, Comunidade Eclesial Missionária, sem que esteja sustentada pelo pilar da caridade? Como anunciar com a boca se a vida não repercute o anúncio feito? A dimensão do cuidado integral para com as pessoas e o meio ambiente, numa ecologia integral, na reflexão sobre uma economia que potencialize a vida, num engajamento pelas causas defendidas pelo Papa Francisco fará da Casa Escalada uma autentica formadora de lideranças cristãs para a Igreja e para o mundo.

2020 é o ponto de partida. Nossa casa, Comunidade Eclesial Missionária, com o alicerce de tudo que já foi vivido, será bonita, como árvore frondosa, para acolher jovens que buscam um frescor para a vida.

Padre Manoel de Oliveira Filho (Mané)

Assistente Eclesiástico.