Momento Projeto de Oração – São Pedro e São Paulo, pilares da nossa Igreja.



Dia 29 de Junho a Igreja celebra a festa de São Pedro e São Paulo.

Pedro foi discípulo de Cristo e conviveu intimamente com o mestre, acompanhando-o e sendo testemunha de sua missão durante os anos que passou na terra. Quando conhecido como Simão, era ainda um pescador que trabalhava com o irmão e o pai. Ao conhecer Jesus em Betânia foi chamado a ser Pescador de Homens e mais tarde recebeu de Cristo a linda missão de ser o primeiro Papa da Igreja: “Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela; E eu te darei as chaves do reino dos céus; e tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus." (Mateus 16:18,19)

A vida de São Pedro aparece nos evangelhos, nos Atos dos Apóstolos, nas epístolas de Paulo e nas duas epístolas do próprio apóstolo, a 1ª e 2ª carta de Pedro.

O apóstolo fez seu primeiro sermão no dia de Pentecostes dando início ao surgimento da igreja instituição que conhecemos hoje. Peregrinou por várias cidades, encontrou-se com São Paulo, ou Paulo de Tarso, em Jerusalém e apoiou a iniciativa deste de incluir os não judeus na fé cristã, sem obrigá-los a participar dos rituais de iniciação judaica, como a circuncisão.

Paulo, conhecido anteriormente como Saulo, perseguia implacavelmente os cristãos nos arredores de Jerusalém, até que teve um encontro com Jesus na estrada de Damasco: “Caindo por terra, ouviu uma voz que lhe dizia: Saulo, Saulo, por que me persegues?” (Atos 9,4). No mesmo instante ficou cego e durante três dias entregou-se às orações. A mando de Jesus, Ananias vai a seu encontro e põe a mão em sua cabeça e no mesmo instante Paulo recobra a visão e, impressionado, muda de nome e converte-se ao cristianismo.

São Paulo é o principal responsável pela expansão do cristianismo, escrevendo suas famosas cartas, no total de treze. As cartas de São Paulo são a base para a teologia católica. Nas duas cartas que ele escreveu para São Tito e São Timóteo, que eram bispos, deu todas as direções de como deveria ser a Igreja e tais direções são seguidas até hoje.

Um ponto muito importante abordado por Paulo é sobre a evangelização. O apóstolo dos gentios diz que pregar o Evangelho, para ele, não é motivo de glória, mas uma missão que lhe é imposta: “Ai de mim se não evangelizar”.

Paulo tinha como lema evangelizar e o restante para ele não tinha importância. O cristão também deve pensar assim! Evangelizar significa dar a vida pelo reino de Deus, anunciar este reino; não impor, mas propor.

Pedro e Paulo são os pilares da nossa Igreja e grandes exemplos e testemunhos de vida para todos os cristãos. Que possamos aproveitar esse momento em que a igreja celebra suas memórias para nos comprometermos a aprender e saber mais de suas vidas. Que tal começar lendo as duas cartas de São Pedro e, diariamente, as cartas de São Paulo?

São Pedro e São Paulo rogai por nós!

Movimento Escalada em Salvador, 29 de junho de 2017.


Outros Posts

Bahia - Pernambuco - Sergipe

© 2016 por Movimento Escalada.