Calendário Temático

 
 
 
Calendário 2017

JANEIRO

 

29.JAN a 4.FEV - ORAÇÃO - O ANO JÁ MUDOU, E VOCÊ, JÁ PAROU PRA PENSAR NAS SUAS MUDANÇAS?

Todos os dias somos chamados a sermos melhores, a amar mais os outros e o mundo. Mas como será que conseguiremos fazer isso? Onde podemos melhorar? Como pôr nossos sonhos e objetivos em prática? E os sonhos de Deus para nós? É necessário planejar e refletir sobre os dias que virão e estarmos sempre conscientes dos nossos deveres cristãos. Assim estaremos, verdadeiramente, preparados  para viver um ano de crescimento pessoal e espiritual, tendo sempre em mente a cruz do Ser Pessoa.

Sugestões de músicas: Novo Tempo,  Todos os Sinais,  Ouvi Deus.

FEVEREIRO

 

05.FEV a 11.FEV - ESTUDO -  NOSSA SENHORA DO ESCALADA: MODELO DE ALPINISTA PARA O ANO MARIANO E PARA A VIDA CRISTÃ.

"Em 12 de outubro de 2017 celebraremos os 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida nas águas do Rio Paraíba do Sul. Foi um presente de Deus para aqueles pescadores, aquela comunidade e para todo o povo brasileiro que ganhou, naquela imagem tão identificada com os pobres mais pobres do seu tempo, um título  seu para a intercessora de todas as graças, Maria de Nazaré.

 

Em função desta comemoração fundamental para os católicos brasileiros, os nosso bispos decidiram proclamar de Ano Mariano a 2017. De 12 de outubro de 2016 a 12 de outubro de 2017 um ano inteiro para aprofundar o conhecimento sobre a vivência com Nossa Senhora.

 

No Movimento Escalada também ganhamos de Deus um título e uma imagem, como modelo de alpinista, para caminhar conosco, aprimorar nossa vivência cristã  através do “Ser Pessoa em Clima de Oração”.

 

Já conhecemos Nossa Senhora do Escalada como a Moça de Nazaré que, logo após  dizer sim ao projeto que o Pai reservou para ela, saiu correndo em direção à prima, subindo as montanhas de Judá, fazendo Escalada, para cantar as maravilhas que Deus havia feito nela e por ela e, como consequência disso, permanecer junto de Isabel, em atitude de serviço solícito.

 

Mas podemos avançar na compreensão desta pessoa em clima de oração que é Maria, Nossa Senhora do Escalada." (Mané, 2016)

 

Comecemos a aprofundar nossa intimidade com Maria através da leitura e melhor compreensão do texto completo do nosso orientador espiritual para esse ano que já começou!

Sugestões de músicas: Pra Celebrar a Paz, Ser Alpinista, Transformação.

12.FEV a 18.FEV - ORAÇÃO - TODOS PODEM SER ARTESÕES DA PAZ.

Orar é o momento de esvaziar-se de si mesmo e se encher de Deus, como dito em Jeremias 33,3.

Vivemos em um mundo com grandes sinais de caos, que carece de paz.

A pergunta é: de qual paz estamos falando?

Nós como cristãos devemos entrar em clima de oração, pedindo pela paz que vem de Deus.

O próprio Jesus nos diz: "Eu vos deixo a paz, eu vos dou a minha paz (Jo 14,27).

Na reunião de hoje vamos rezar pela paz. A paz que só Jesus pode nos dar. Pedindo que esta paz tome conta de todo o mundo.

Anexo: Oração pela paz; Mensagem do Papa Francisco para o dia mundial da paz; Oração de São Francisco.

Sugestões de músicas: oração pela paz - padre Zezinho, Braço Forte, Todos nós.

19.FEV a 25.FEV - COMPORTAMENTO - SER PESSOA EM TODOS OS LUGARES.

Quem sou eu? Quem sou eu na minha família? Quem sou eu na escola/trabalho? Quem sou eu no carnaval? Quem sou eu com meus amigos? Quem sou eu na igreja? Quem sou eu? Sou cristão.

Ser cristão é ser luz, não somente onde nos convém, temos de saber quem nós somos, nos descobrir para nos afirmar em qualquer lugar que estejamos. 

O movimento nos trás um carisma: "ser pessoa em clima de oração", manter nossa cruz equilibrada a todo instante e sempre pensar em como cristo agiria diante das situações, nos índica o caminho para alcançar esse "Ser pessoa". 

Palavras chaves: luz, ser pessoa, cruz, caminho, carnaval.

Sugestões de Músicas: Sê um, ser cristão, essa luz, santo de calça jeans, total dimensão, jeito de viver, identidade.

MARÇO

 

26.FEV a 04.MAR - TEMA LIVRE.

05.FEV a 11.MAR - COMPORTAMENTO - QUARESMA, TEMPO DE CONVERSÃO.

Com a quarta feira de cinzas, data que nos recorda a fragilidade da existência humana, abre-se o tempo da Quaresma, que é um período propício para a conversão e crescimento em santidade. Como todo confronto com as tentações, é também um tempo de luta no qual é preciso exercitar a temperança e a mortificação. Que com este tema possamos refletir sobre a Quaresma, seus pilares (jejum, oração e caridade) e os detalhes litúrgicos para que possamos bem viver esta preparação para a Páscoa. 

Obs.: Por que se cobre as imagens sacras durante uma parte da Quaresma?

Palavras-chave: Jejum; oração; caridade; temperança; mortificação; santidade.

Sugestões de Músicas: Grão de Trigo, Horto, Novo Tempo.

12.MAR a 18.MAR - ESTUDO - "CULTIVAR E GUARDAR A CRIAÇÃO".

Todo ano, a igreja nos convida a refletir sobre temas atuais e pertinentes, através da campanha da fraternidade. Este ano temos a oportunidade de discutir sobre Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida”. você conhece os biomas existentes em nossos país? Quais as peculiaridades e dificuldades de cada um? O que podemos fazer para cultivar a criação em cada um deles?  *destrinchar cada bioma 

Documentos: texto base da Campanha da Fraternidade e a laudato si.

Sugestões de Músicas: hino da campanha, braço de mar, filho do vento, terra molhada.

19.MAR a 25.MAR - ORAÇÃO - LEITURA ORANTE: O DESERTO DE JESUS.

No ápice de sua fragilidade, Jesus, 100% Deus e 100% homem, é  tentado pelo diabo. Mesmo no auge da fome e da angústia humana Ele se mostra extremamente humilde e resiste ao ter, prazer e poder, seguindo os planos de Deus. Quantas vezes, ao sinal da menor tribulação,  desistimos e nos submetemos às  Coisa do Mundo? Quantas vezes por quase nada esquecemos que "nem só  de pão vive o homem, mas de toda palavra que sai da boca de Deus"? Como está a estabilidade da nossa cruz?

 

Por outro lado, quantas vezes nos colocamos no lugar do demônio e tentamos o outro que está ao nosso lado? Quantas vezes além  da nossa cruz desequilibramos a do nosso irmão? 

Façamos uma leitura orante sobre essa passagem que deve nos ajudar a viver melhor a quaresma.

Passagens: Mt 4, 1-11; Lc 4, 1-13.

Palavras-chave: tentação; persistência.

Sugestões  de músicas: face a face, identidade, talismã,  sê um.

ABRIL

26.MAR a 01.ABR - ESTUDO - SANTIDADE: MULHERES QUE MUDARAM A SUA REALIDADE

 

Você busca ser santo? O que você faz para mudar a realidade a seu redor? Na história da Igreja houve diversos exemplos de pessoas comuns que não se contentaram em simplesmente não fazer o mal. Foram pessoas que passaram a vivenciar a realidade social na qual estavam inseridos. Dentre esses exemplos, podemos lembrar de diversas mulheres que mudaram a história do lugar onde viveram: foram agentes de transformação. Lembrando do mês de março, mês em que se comemora o Dia da Mulher, buscamos relembrar a história de algumas das Santas que mudaram a humanidade com seus exemplos de vida e fé. Vamos nos aprofundar no lado feminino da nossa igreja e reconhecer a importância de diversas mulheres que impulsionaram a vida cristã.

Palavras-chave: Irmã Dulce, Madre Tereza de Calcutá (buscar outros exemplos além dos citados).

Sugestões  de músicas:  Todos os sinais, Jeito de Viver, Ser Cristão, Projeto absurdo.

02.ABR a 08.ABR - TEMA LIVRE

09.ABR a 15.ABR - ORAÇAO - PÁSCOA É RESSUREIÇÃO, VOCÊ ESTÁ PREPARADO PRA RENASCER EM CRISTO?

 

Vivemos durante quarenta dias um período de preparação para a chegada do Senhor: fomos chamados a viver o deserto com Jesus e relembrar Sua chegada triunfal em Jerusalém no Domingo de Ramos para esperarmos Sua morte e ressureição. Através desse gesto de amor supremo Ele nos convida a renovar o batismo, como um sacramento de vida nova, deixando para trás o que nos impede de viver uma vida plenamente cristã. Aproveitemos essa Semana Santa para permanecer em comunhão com o calendário litúrgico  da Igreja vivenciar o momento mais importante de nossa fé.

Sugestões  de música:  Luz da vida, novo dia, grão de trigo.

16.ABR a 22.ABR - COMPORTAMENTO - ACREDITAR NOS PLANOS DE DEUS, MARIA AOS PÉS DO CALVÁRIO

 

Você  acredita fielmente nos planos de Deus? Somos chamados a acreditar, crer no Senhor, professarmos nossa fé!  Em diversos momentos de nossas vidas queremos, no entanto, tomar as rédeas de nossas vidas, pensar e proceder como achamos melhor, esquecendo de entregar nossas vidas a Ele. Maria nos mostra isso no momento quando aceitou os planos de Deus para ela: "Eis aqui a serva do Senhor, faça-se em mim segunda a Tua palavra" (Lc 1,38). Essa jovem, que crê de todo o coração, vem nos dar seu exemplo, através  de sua fé, obediência, paciência e humildade, que devemos acreditar nos planos de Deus, mesmo nos momentos mais difíceis que enfrentamos, como ela suportou o calvário.

Palavras-chave: entrega; confiança.

Sugestões  de músicas:  Ouvi Deus, Maria guardava, Perfume de mil flores.

23.ABR a 29.ABR - TEMA LIVRE

MAIO

30.ABR a 06.MAI - ESTUDO - O TRABALHO PERTENCE À CONDIÇÃO ORIGINÁRIA DO HOMEM
 

Na Sua pregação Jesus ensina a apreciar o trabalho. Ele mesmo, sendo 100% Deus e 100% homem, se tornou semelhante a nós em tudo, passando parte da vida sobre a terra junto de um banco de carpinteiro, dedicando-se ao trabalho manual, na oficina de José (Mt 13, 55; Mc 6, 3). Assim, o trabalho representa uma dimensão fundamental da existência humana como participação não só na obra da criação, ajudando no seu cultivo e progredindo, como também da redenção, buscando o pão a partir do seu esforço. Então, com a importância que tem o trabalho na vida cristã devemos ter atitudes condizentes com o que pregamos, não se deixando escravizar por ele, nem corromper-se pela ambição de lucros, tão pouco reduzir o valor do trabalho a um mero mecanicismo, excluindo a essência do trabalhador, pois a pessoa é parâmetro da dignidade do trabalho. Porém, muitas vezes o trabalho não é visto por essa perspectiva nem pelos cristãos, para os trabalhadores conquistarem direitos foi preciso anos de luta, mesmo com muitas conquistas, ainda é preciso um olhar mais atento para a dignidade do trabalho, isso é apresentado pelo documento da Igreja “Compêndio da Doutrina Social da Igreja”. 

Anexo: Compêndio da Doutrina Social da Igreja.
Palavras-chave: dignidade, redenção, atitudes cristãs.

07.ABR a 13.MAI - ORAÇÃO - MARIA PASSA NA FRENTE


Quantas vezes nos deparamos em situações onde nossa fé é ofuscada diante de nossos medos, tornando-nos ainda mais vulneráveis às tentações externas? Ou quando nos habituamos e intitulamos de “impossível" os menores de nossos problemas, deixando nossa fé “embaixo do tapete"? Peçamos através da oração, a intercessão de Maria para nos guiar e proteger, principalmente nos momentos de maior vulnerabilidade e menor crença, e abra as estradas do nosso caminho.
Anexo:  Oração Maria Passa na Frente.

Sugestões  de músicas:  Maria Missionária; Paz de luz; Seguindo Maria.

14.05 a 20/05 –  COMPORTAMENTO - BULLYING: CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS


Acordar, se arrumar, ouvir piadinhas do irmão mais velho, ir para escola/trabalho, se isolar dos colegas por conta das agressões sofridas, chegar e casa e sentir que perdeu o ânimo para fazer qualquer coisa. Isso é um pouco da rotina das pessoas ao nosso redor que vivem com a insegurança de serem perseguidos, sofrerem pressões psicológicas e estão a margem, sem saberem como pedir ajuda, sem entenderem porque estão naquela situação, pois muitas vezes ouvimos “é só brincadeira”, “nossa, agora tudo é bullying”, mas só é realmente brincadeira quando os dois lados compreendem dessa maneira, seja pessoalmente, na internet, em qualquer lugar, essas agressões e pressões geram consequências graves na vida de uma pessoa, como a depressão, problemas psicológicos e traumas sérios. Vocês já pararam para pensar nisso? Ter que mudar por causo dos outros? Viver com medo? Isso é uma vida saudável? Já parou para refletir quem você é diante dessa situação: o agressor, o agredido ou um espectador omisso?
Palavras chaves:  agressões, pressão psicológica, bullying, depressão.

21.05 a 27.05 – TEMA LIVRE


*Peregrinação, mesmo que no seu zonal não tenha a peregrinação no dia que está no calendário guarde-o para o dia que for e adiante o próximo tema.

JUNHO

28.05 a 03.06 – ESTUDO - ESPÍRITO SANTO: TERCEIRA PESSOA DA SANTÍSSIMA TRINDADE.


Deus é um só, mas tem três modos de ser. Da única essência, da única natureza divina, participam três pessoas divinas. Mas cada um possui uma diferente missão divina, ainda que sempre quando Deus age é em trindade. O Espírito Santo é aquele que age em nosso interior desde o nosso batismo, nos leva a conhecer Jesus, a amá-lo, a seguir Seus ensinamentos. Ele sempre esteve presente na história da humanidade, em Gn 1,2 já encontramos que “... O Espírito pairava sobre as águas”, porém a sua missão antes e depois da vinda de Jesus são diferentes, no princípio suas manifestações eram apenas externas, o sopro, o vento, ele pairava, estava conosco, mas depois passa a habitar em nós, suas manifestações agora serão também internas, como aconteceu com os discípulos que começaram a falar em diversas línguas em Pentecostes, nos é garantida a permanente efusão do Espírito Santo. Ele é a memória viva da Igreja, nos dá a compreensão espiritual da palavra de Deus e nos leva a frutificar a partir dos seus dons. Diversas vezes nos foi feita a promessa dessa efusão do Espírito, como quando Jesus fala “O Espírito da verdade, que o mundo não pode receber, porque não O vê, nem O conhece; vós O conheceis, porque Ele habita convosco e estará em vós” (Jo 14, 16-31), a realização dessas promessas se inicia na Páscoa de Cristo e tem o marco da sua efetivação em Pentecostes, a partir de então a missão de Cristo e do Espírito passa a ser a missão da Igreja: “Como o Pai me enviou, também eu vos envio” (Jo 20,21).
Palavras chaves:   Trindade, missão, efusão, Páscoa, Pentecostes, Jo 14, 16-31.

04.06 a 10.06 – ORAÇÃO - INVOCANDO O ESPÍRITO SANTO


50 dias após a Páscoa, os discípulos e Maria estavam reunidos em oração quando aconteceu a decida do Espírito Santo sobre eles, no Pentecostes, houve o envio da Terceira Pessoa da Santíssima Trindade para o cumprimento de sua nova missão, habitar em todos que creem Nele, isso ocorreu por sinais de línguas de fogo, quando os primeiros cristãos receberam a força que encheu os seus corações e passaram a falar em diversas línguas tornando-as uma única língua, a do amor, que os impulsionou na pregação do evangelho de Cristo. Isso ocorreu por eles estarem em um profundo momento de intimidade com Deus, abertos a receber a Terceira Pessoa da Santíssima Trindade. Então, vamos também nos preparar, abrir nossos corações para vivenciarmos o Pentecostes em oração e, autorizar a presença do Espírito em nós, como faziam as primeiras comunidades cristãs, pois somos moradas Dele.
Palavras chaves:  orar, louvar, agradecer, suplicar, vivenciar, ser morada. 

Link: Novena de Pentecostes

Obs: Elaborar um clima de oração no ambiente da reunião, com luz baixa e símbolos que nos lembrem o Espírito Santo.

Músicas: Brisa leve, assim como a corsa, incendeia minha alma, eu navegarei, tocha viva.

11.06 a 17.06 - COMPORTAMENTO - NAMORO: COMO UM CRISTÃO DEVE SE PORTAR DIANTE DE UM RELACIONAMENTO ABUSIVO.


Como já foi visto no encontro, o cristão é chamado a viver um namoro diferente, de modo especial: o namoro a 3. Apesar disso, muitos relacionamentos acabam por inverter sua cruz, fazendo com que um se anule em função do outro. Essa situação, se tornando repetitiva, pode resultar em um relacionamento abusivo, fonte de diversos tipos de agressão: física, moral, psicológica, sexual e econômica. É importante estarmos vigilantes e não nos omitirmos diante dessas situações, tanto com o eu como com o outro. Afinal, Jesus veio e pregou a revolução do amor, assim como o respeito a si mesmo e ao próximo.
Palavras chaves:   Namoro, Jesus, Matrimônio, Violência, Agressão, Respeito, Amor.  

Músicas: Namoro a três, Canção para o matrimônio, Rosa minha.

18.06 a 24.06 – TEMA LIVRE

JULHO

25.06 a 01.07 - ORAÇÃO - ORANDO COM OS SALMOS


Você realmente conhece os salmos? Existem na bíblia cerca de 150 salmos, estes englobam as experiencias humanas e relatos de glória e suplica ao Senhor para guiar a oração, estão expressos em versos e devem ser declamados ou cantados. Sejam eles de lamento, penitencia, ação de graças, entronização, romagem, reais, sapienciais ou imprecatórios, cada um desses possuem uma intenção e são atemporais. Devemos experimentar viver esses tipos de salmos, para melhor conhecer a Sagrada Escritura e as variadas formas que existem para orarmos. Vamos juntos viver essa diferente experiencia de oração!
Link: O uso dos Salmos na devoção cristã.  

Obs: É preciso rezar os diferentes tipos de salmo, de preferência cantando-os

01.07 a 08.07 - ESTUDO - DEUS CARITAS EST


"Deus é amor, e quem permanece no amor permanece em Deus e Deus nele » (1 Jo 4, 16). Estas palavras da I Carta de João exprimem, com singular clareza, o centro da fé cristã: a imagem cristã de Deus e também a consequente imagem do homem e do seu caminho." Com esta encíclica, o papa Bento XVI nos traz uma reflexão acerca do amor de Deus por nós e do amor que somos chamados a fazer parte enquanto cristãos. O nome de Deus é, ainda hoje, associado muitas vezes à violência e ódio. Por isso, deve ser a marca do cristão desmistificar essa visão, levando uma mensagem de amor através de suas palavras e atitudes, de sua vida. Assim, ao escolher seguir uma vida em Cristo, escolhemos também o desafio diário de resplandecer a luz Dele. O amor se baseia em 3 pilares: liberdade, relação e gratuidade. A liberdade é sustentada no livre arbítrio, nos dando a opção de querer buscá-lo ou não. Já a relação: devemos procurar o amor de Deus, fazendo com que este seja recíproco, a oração e o deserto são meios de procurá-lo e construir tal amor. E a gratuidade: não devemos basear nossa relação com Deus através do medo ou da troca. Dessa forma somos chamados a amar servindo e servir amando, pois uma fé sem obras torna-se uma fé vazia. É através da caridade que concretizamos esse chamado de amor. Estudemos tal encíclica, para aprendermos como a caridade deve ser o norte de nossa vida cristã.
Sugestões de música: Projeto absurdo, geração, os meninos da nova terra.

Passagens: Mt 25, 31-46 / 1 Cor 13 /Jo 10,7-10.

09.07 a 15.07 - COMPORTAMENTO - EFEITO ESPECTADOR


Em uma rua deserta, você escuta alguém gritando por ajuda. Nota-se que outras pessoas também assistem a esta cena. Neste contexto, você entraria em efeito espectador? Em diversas ocasiões da vida existem vários espectadores de situações de emergência, estes não oferecem qualquer meio de ajuda, principalmente quando há a presença de várias pessoas na cena. Qual papel você assume? De um mero espectador ou um agente transformador?
Palavras-chave: Efeito espectador, Síndrome de Genovese, Agente transformador.

Sugestões de música: Transformação, geração.

16.07 a 22.07 - ORAÇÃO - LEITURA ORANTE MAT 8, 23-27


“Homens de pouca fé” Jesus diz aos discípulos que fraquejam, mas será que Ele também nos diz isso em alguns momentos de nossa vida? Pois em diversas vezes nos deparamos com situações que não foram planejadas, somos pegos de surpresa, as vezes furacões acontecem, diante de tudo isso, que foge ao nosso controle, nós temos fé e enfrentamos nossas tempestades ou temos medo como os discípulos naquele momento? E quando temos medo, fraquejamos, pois estamos em nosso barco no meio da tempestade entregamos isso a Deus? A oração é nosso meio mais profundo de conversa e intimidade com Ele, nosso alimento para a alma, por isso vamos viver este momento de reflexão e entrega para que Deus acalme também nossas tempestades.
Palavras-chave: oração, tempestade, fé.

Links: Leitura Orante e Lectio Divina

23.07 a 29.07 - ESTUDO - FÉ SIGNIFICA CRER


O catecismo da Igreja nos traz a reflexão que: “Quando professamos a nossa fé, começamos por dizer: «Creio», ou «Cremos». Portanto, antes de expor a fé da Igreja, tal como é confessada no Credo, celebrada na liturgia, vivida na prática dos mandamentos e na oração, perguntemos a nós mesmos o que significa «crer»”. A fé em Cristo não apenas é a base de nossa salvação, mas a provisão para a vida cristã, santificação, crescimento e amadurecimento. Que você, como salvo, possa a cada dia reafirmar as palavras de Paulo: “já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim; e esse viver que, agora, tenho na carne, vivo pela fé no Filho de Deus, que me amou e a si mesmo se entregou por mim” (Gl 2.20), pois ele acreditava e nós somos chamados a crer mesmo sem termos visto, Jesus diz a Tomé "Porque me viu, você creu? Felizes os que não viram e creram." (João 20, 29), assim, nossa fé é uma virtude, não é algo palpável, é nossa resposta a Deus e a vivenciamos a cada dia e a renovamos a cada credo professado.
Palavras-chave: crer, credo, catecismo, GL 2,20; João 20,29.

AGOSTO

30.07 a 05.08 - TEMA LIVRE

06.08 a 12.08 - ORAÇÃO - OFÍCIO DA IMACULADA CONCEIÇÃO


O Oficio da Imaculada Conceição foi escrito antes da definição do Dogma mariano, na Itália no século XV, por Bernardino de Bustis com a aprovação do Papa Inocêncio XI, em 1678. Foi enriquecido por Pio IX, em 31 de março de 1876, com 300 indulgências cada vez que recitado. Podemos dizer que é uma oração para defender a Imaculada Conceição, que sofreu grandes combates no século XII, por parte de teólogos, que duraram até o dia 8 de dezembro de 1854, quando Pio IX, depois de consultar os Bispos do mundo inteiro, declarou e definiu como Dogma de fé a doutrina da Imaculada. Antigamente o Oficio era rezado a cada momento do dia, como a liturgia das horas, mas com o tempo passou a ser rezado de uma só vez. Vamos rezar juntos?!
Palavras-chave: Imaculada, indulgências, rezar.

Link: Ofício Imaculada e vídeo

13.08 a 19.08 - COMPORTAMENTO - NEM SÓ DE PÃO VIVE O HOMEM

O ritmo cotidiano imposto pelos padrões de vida atuais, é, por vezes, adoecedor. Nesse sentido, não é por acaso que a depressão e a ansiedade são consideradas os "males do século". Como cristãos, é preciso saber manter a cruz equilibrada, entre as responsabilidades, afazeres e a vida espiritual: devemos lembrar de encontrar consolo e descanso no colo de Deus, pois até Ele criou o mundo em 6 dias e no 7º descansou.

Portanto, por mais que seja fácil se deixar levar pela agitação do dia a dia e se esquecer de tirar um tempo para conversar com Deus - não como mais uma obrigação, mas lembrando que nem só de pão vive o homem, nós precisamos Dele para mantermos nosso equilíbrio do corpo e da alma.

Palavras-chave: Agitação; compromisso; descanso; oração; escuta

Passagem: Mateus 11, 24-30; Mateus 4, 4

Música: Tempo de Escutar; A Voz de Deus; Paciência (Lenine); Pessoa da Luz

 

20.08 a 26.08 - ESTUDO - DOCUMENTOS PARA O JOVEM CRISTÃO

"Estudai o catecismo! Esse é o desejo do meu coração." Papa Bento XVI.

Nós, como jovens cristãos, temos o dever de nos empoderar de conhecimentos sobre nossa fé, essa é a nossa maior "arma" nesse conflito diário que enfrentamos enquanto sociedade. O catecismo é um dos principais documentos que a igreja nos forneceu para que possamos nos embasar. Também temos dois outros livros que podemos buscar: Youcat e Docat, que são versões voltadas para jovens, dos ensinamentos trazidos pelo Catecismo, trazendo conceitos e respostas para questionamentos cotidianos e comuns. Portanto, aproveitemos e busquemos nos inteirar desses documentos e dos seus conteúdos para que tenhamos onde nos apoiar, pois o estudo é fundamental para que conheçamos nossa Igreja. Assim, focando no Docat, documento que sintetiza a Doutrina Social da nossa igreja, vamos nos debruçar no nosso dever e engajamento social.

Palavras-chave: Estudo, docat e youcat, doutrina social.

Música: Somos nós; Geração.

SETEMBRO

27.08 a 02.09 - LIVRE

03.09 a 09.09 - COMPORTAMENTO - COMO SER PESSOA NA POLÍTICA

"O mundo está ferido e você, sentado no sofá vendo tv". A conjuntura política do Brasil deixa muitas pessoas indignadas: lavagem de dinheiro público, denúncias de corrupção em todas as instâncias governamentais. Mas e você, o que você tem a ver com isso? Qual o seu papel enquanto cristão nessa sociedade? Segundo o Papa Francisco: "Envolver-se na política é uma obrigação para um cristão". Ele ainda afirma que os cristãos não podem "fazer-se de Pilatos, lavar as mãos. Devemos implicar-nos na política, porque é uma das formas mais elevadas da caridade, visto que procura o bem comum." Como diz o papa, é nosso dever sermos agentes de transformação e não sermos omissos diante dos problemas ao nosso redor. O próprio Cristo foi um grande revolucionário em sua época, ao denunciar as mazelas e a falta de compaixão na sociedade, principalmente por Ele ter vindo para os pobres e humilhados. Assim, Ele nos convida a também sermos por essas pessoas, a amar e servir. Também Martin Luther King traz uma reflexão sobre nosso papel na sociedade, quando afirma em um dado momento que " O que me preocupa não é nem o grito dos corruptos, dos violentos, dos desonestos, dos sem caráter, dos sem ética... O que me preocupa é o silêncio dos bons.". Desse modo, que possamos conversar sobre nosso papel na política do nosso país, nos questionando se estamos de fato sendo agentes de transformação.

Link: Envolvimento na Política e Obrigação para o Cristão.

Música: Geração, Projeto Absurdo, Transformação.

10.09 a 16.09 - ORAÇÃO - ORANDO COM A BÍBLIA

 

A bíblia é um importante instrumento de oração cotidiano, pois é mais que um conjunto de livros com relatos e histórias, são textos inspirados pelo Espirito Santo, que trazem ensinamentos e mensagens de Deus para nós. Porém, nem sempre a usamos para fazermos nossas orações, as quais vemos como um diálogo, mesmo que nem sempre silenciemos para que isso aconteça. Assim, utilizando a bíblia temos um contato mais direto com a Palavra de Deus que pode nos auxiliar em nossas orações de muitos modos. Dentre eles há a possibilidade de uma passagem nos inspirar a fazer uma oração com o que ela nos transmite. Vamos rezar juntos?!

Passagem: Mar 11, 20 - 26; Luc 11, 5-13; Mat 5, 38 – 48; Mat 13, 1- 9.

Música: Ouvi Deus, Todos os sinais, Abre teu coração.

Sugestão: Fazer uma dinâmica em grupos na qual cada um fica com uma passagem e cria uma oração a partir do que ela inspirar.

17.SET a 23.SET – ESTUDO – O DOGMA DE FÉ DA SANTÍSSIMA TRINDADE

 

Segundo o catecismo “A Trindade é una, não professamos três Deuses, mas um só Deus em três pessoas: “a Trindade consubstancial”. Nossa Igreja tem como base o Dogma de Fé da Santíssima Trindade, que é acreditar em três Pessoas de uma mesma essência, assim como a água que muda de estado, mas sua substância sempre é a mesma, independentemente de ser líquida, sólida ou gasosa, desse modo também é a Trindade. Não existe hierarquia entre as Pessoas é “O Pai que gera, o filho que é gerado e o Espírito Santo quem procede”, a diferença está na relação de cada um, pois Deus é o Pai misericordioso, Cristo é o Filho 100% Deus e 100% Homem que vem até nós, se revela para cumprir a promessa da Salvação, pois essa é sua missão. Já o Espirito Santo é o paráclito prometido por Jesus, quando nos revela que voltará para o Pai, mas não nos deixará sozinhos, é Quem vem até nós e está em nós, pois é o guardião da chama missionária da Igreja.

Palavras-chave: Essência. Trindade. Missão.

Música: Santíssima Trindade OPA, Braço Forte, Sopro De Deus, Deus Pai Santo

Sugestão: Dinâmica da vela, são três separadas constituídas da mesma substância, mas unindo a chamas das três formam uma única chama.

24.SET a 30.SET – COMPORTAMENTO – A IMPORTÂNCIA DA DOR PARA O AMADURECIMENTO DA FÉ

 

A dor e o sofrimento sempre estiveram presentes na vida humana. São nesses momentos que o homem se dá conta da sua impotência, dos seus limites e da sua finitude. Com a atual “adoração da felicidade”, somos negados a vivenciar e experimentar situações de dor e sofrimento, a começar com a maneira com que nossos pais nos criam. Enquanto o mundo nos cobra uma aparente felicidade, Cristo dá um novo significado ao sofrimento; a morte de cruz se transforma na maior prova de AMOR! Os Santos da Igreja também aceitaram e vivenciaram a sua cruz pessoal, assim como nós devemos aceitar o sofrimento como parte do nosso amadurecimento para o propósito de Deus para a nossa salvação.

Palavras-chave: Sofrimento. Vivenciar. Amadurecimento. Propósito de Deus.

Passagem: Eclesiástico 2,1-6 ; Mt 16, 24-25.

Música: Povo Sertanejo, Minha Terra Tem Um Salvador, Uma Dor

Sugestão: Consultar sofrimento no catecismo.

OUTUBRO

01.OUT a 07.OUT – ESTUDO – PEREGRINAÇÃO DO MISSIONÁRIAS: SANTA TERESINHA

E disse-lhes: "Ide pelo mundo inteiro e anunciai a Boa Nova a toda criatura!" (Mc 16,15)

Durante toda a sua vida Jesus nos convoca a missão de amar e servir. Um não existe sem o outro, precisamos amar servindo e servir amando. Devido a importância da missão para o cristão o Papa Pio XI instituiu outubro como o mês das missões para os cristãos. Mas será que é necessário viajar milhares de quilômetros para ser missionário? Santa Terezinha do Menino Jesus nos mostra uma perspectiva diferente da missão, sem nunca ter saído do convento tornou-se a padroeira dos missionários, pois os cuidava através da oração e do acolhimento. Estudemos um pouco mais a história dessa santa e a importância da missão em nossas vidas.

Palavras-chave: Missão. Missionário. Santa Terezinha do Menino Jesus

Música: Vocação, Aprendiz, Começa A Missão, Todos Os Sinais

Sugestão: Livro a História de uma Alma.

08.OUT a 14.OUT – ORAÇÃO –  ORANDO COMO SANTA TERESINHA

O momento tão esperado do ano para o Escalada chegou, o Encontro anual! Nessa semana de preparação para o e encontro de centenas de alpinistas, façamos como Santa Terezinha e entremos em comunhão através da oração por todos aqueles que saíram em missão para pregar a boa nova! Rezemos a novena de Santa Terezinha.

22.OUT a 28.OUT – ESTUDO – SÃO FRANCISCO XAVIER

"Missionário como ninguém, operando os mais espetaculares milagres para converter povos inteiros para Jesus Cristo, Francisco Xavier imitou o Divino Mestre até o fim."

Nascido perto de Pamplona, Espanha, em 7 de abril de 1506, Francisco Xavier tornou-se conhecido devido a sua ousadia de fundar várias missões no oriente, como no Japão, na Indonésia e na China. Ainda no mês das missões, conheçamos um pouco mais sobre o Patrono Universal das Missões, cofundador da Companhia de Jesus e padroeiro da cidade de Salvador.

Sugestão de Documento: O gigante da história das missões e São Francisco Xavier.

NOVEMBRO

29.OUT a 04.NOV – ORAÇÃO – ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DESATADORA DOS NÓS

A devoção a Nossa Senhora Desatadora dos Nós teve início no século 18, com um quadro pintado pelo alemão Johann Schmitdner, pois A igreja de São Pedro da cidade de Augsburg, que fica perto de Munique, encomendou uma pintura de Nossa Senhora a ele. A inspiração para o quadro surgiu das palavras de meditação do Santo Irineu, Bispo francês da cidade de Lyon, que diziam: “Eva atou o nó da desgraça para o gênero humano, Maria por sua obediência o desatou”. No quadro a fita aparece com nós grandes e pequenos do lado esquerdo de Maria, representando os pecados cotidianos, e está lisa do lado direito. Isso reflete o poder da Virgem Maria de libertar os fiéis de seus problemas mais duros. Por isso, as orações feitas a Santa são voltadas para libertação, curas e pedidos sobre situações muito difíceis. Então, que possamos orar com fé a Nossa Senhora Desatadora dos Nós, refletindo pausadamente cada parte desta oração, nos questionando o que ela significa, refletindo sobre o que estamos professando neste momento, vivenciando uma intimidade para fazermos nossos pedidos.

Palavras-chave: Oração. Reflexão. Fé. Libertação. 

Músicas: Perfume De Mil flores, Guetos, Face A Face, Deus, Essa Luz, Senhora Da Estrada.

Sugestão de Documento: Oração de Nossa Senhora Desatadora.

Sugestão: A condução da oração seja feita destrinchando-a, assim, que seja professada pausadamente com momentos de silêncio, questionamentos relacionados a cada parte e músicas relacionadas a cada momento da oração.

05.NOV a 10.NOV – BEBIDA E RELIGIÃO

Nos dias de hoje não nos faltam oportunidades para experimentar e beber com os amigos. Mas será que a nossa religião, católica apostólica romana, nos permite esse tipo de comportamento? Qual nosso limite em relação ao álcool? Nossa igreja não nos impede de beber, mas sim de passar dos nossos limites e perder o controle das situações. Precisamos saber nos comportar em todas as situações, inclusive em relação à bebida alcoólica. Não ser omisso também faz parte de função do católico. Assim, não podemos estimular o uso desmedido do álcool e muito menos, a bebida com direção. Sejamos vigilantes.

Palavras-chave: Bebida. Limite. Omisso.

MúsicaS: Jeito De Viver, Total Dimensão e Brilha A Tua Luz.

Passagem: Provérbios 23,29-35.

Sugestão: Convidar pessoas da pastoral da sobriedade.

12.NOV a 18.NOV – COMPORTAMENTO – AS DIFICULDADES DO JOVEM CRISTÃO PARA ASSUMIR A SUA FÉ

Daniel, diante de um decreto que o proibia orar a Deus, continuou a orar, mesmo que a pena para quem infringisse a lei fosse a morte na cova dos leões (Dn 6). Com o poder da oração e sem negar a sua fé em nenhum momento, foi salvo da morte. Assim como Daniel, que não se importava que outros o vissem orando a Deus, devemos assumir a nossa fé, sem medo ou receio de que alguém nos critique. Não devemos ser como Pedro na noite da prisão de Jesus, que fraquejou e o negou três vezes (Mc 14,66-72). Muitas vezes em nosso cotidiano assumir a nossa identidade cristã não costuma ser fácil, seja por vivermos cercados de pessoas que não compartilham da mesma fé ou que se rendem as coisas mundanas. Mas diante dessas situações somos sempre fortes como Daniel, ou fraquejamos como Pedro na noite da prisão de Jesus? O que nos dificulta de assumirmos nossa fé cristã? Me calo quando pessoas usam argumentos contra minha fé?

Palavras-chave: Assumir. Medo. Identidade Cristã. Fé.

Músicas: Meu Deus meu Senhor.

Sugestão: História de Santo Expedito.
 

19.NOV a 25.NOV – TEMA LIVRE

DEZEMBRO

26.NOV a 02.DEZ – ESTUDO – DIFERENÇA ENTRE ADORAÇÃO E VENERAÇÃO

A adoração ao santíssimo é uma alta expressão da relação existente entre a Celebração do Sacrifício do Senhor e a sua presença permanente na Hóstia Consagrada. Assim como fez Maria aos pés da cruz, que estava de pé olhando para o sacrifício do seu Filho, somos convidados a adorá-lo e a permanecer em oração diante do Senhor vivo e verdadeiro no Santo Sacramento, pois isso amadurece nossa união com Ele. Porém, não é porque Adoramos a Deus no Santíssimo que também fazemos isso com as imagens dos Santos, pois por elas temos veneração, é uma forma de lembrarmos deles, dos seus feitos e de tê-los como referência, mas adoramos apenas a um Deus que está vivo na Eucaristia e, é Ele a nossa maior referência. Portanto, é importante que saibamos enquanto cristãos a diferença entre Adoração e Veneração, assim como a importância de termos momentos de Adoração ao Santíssimo para estarmos em profunda sintonia e intimidade com Ele.

“Da Eucaristia nasce a força para viver a vida com os outros” – Papa João Paulo II

Sugestão: Explicação dos gestos da Adoração ao Santíssimo.

Palavras-chave: Adoração. Veneração. Santíssimo.

Músicas: História de Santo Expedito. Sol da Igreja; Teu Coração é Abrigo; Luz da Vida.

03.DEZ a 09.DEZ – ORAÇÃO – ORANDO COM AS VELAS DO ADVENTO

O tempo do advento é para toda a igreja um momento de forte mergulho na liturgia e na mística cristã, é tempo de espera e esperança.

Diante do primeiro tempo do ano litúrgico o qual antecede o natal, temos o dever como cristãos de viver e entrar em clima de oração junto com a nossa igreja, entendendo cada passo dessa preparação e expectativa, quando nós fiéis esperamos o nascimento de jesus cristo. A cada domingo desse tempo de preparação acendemos uma vela da coroa do advento, com um intuito de nos prepararmos melhor para esse momento e, cada uma tem seu significado. Porém, esse símbolo que é a coroa e as velas foi criado culturalmente, tanto que as cores e seus significados podem variar. Por estarmos na primeira semana do advento, vamos enforcar no tema da vigilância, que é um dos mais atribuídos a primeira vela. Será que estamos vigilantes para a chegada de Cristo?

Sugestão de leitura: Is 63,16b - 17.19b; 64,2b-7, ICo 1, 3-9; Mc 13, 33 - 37.

Palavras-chave: Advento. Vigilância. Oração.

Músicas: Tempo de Escutar; Guetos; Além da Lei; Farol de Deus; Luz da Vida.
 

10.DEZ a 16.DEZ – COMPORTAMENTO – COMO VIVER O NATAL ENQUANTO CRISTÃO

Já fez suas compras de Natal? Já pensou o que quer ganhar de presente esse ano? Vivemos em um mundo onde as trocas de bens materiais são tidas como principal essência do natal. O mundo capitalista nos empurra valores vazios e controversos ao verdadeiro sentido desta grande festa. Mas qual o real significado do natal? O que ele representa para nós cristãos? O que você pretende dar de presente a Jesus esse ano? Ele veio ao mundo de uma forma simples e humilde (Mt 2: 1-12), e trouxe consigo um novo tempo. Inspiremo-nos na chegada do Salvador e aproveitemos para evangelizar sobre o verdadeiro sentido do natal, que é a caridade, o amor ao próximo e a humildade. E, o mais importante, que o verdadeiro Natal se renove diariamente, celebrando assim o renascimento de Jesus em nós.

Palavras-chave: Essência do natal. Renascimento.

Músicas: Eterno Advento; Pequenino; Fruto da Salvação.

 
 
 
 
 
 
 
 
 

Bahia - Pernambuco - Sergipe

© 2016 por Movimento Escalada.