Tema Anual

2012
SER ALPINISTA É SER IGREJA

      Ser é diferente de estar. Ser é uma constância, um estado perene de espírito que determina o que somos e o que buscamos. Ser jovem implica num jeito novo e revolucionário de ver as coisas ao nosso redor dando a elas um enfoque diferenciado do habitual. Ser pessoa significa que não somos coisas, objetos de repetição, mas que somos seres pensantes com sentimentos e metas a serem alcançadas. Ser alpinista é saber que temos que escalar a nossa montanha pessoal a cada dia, e dela tirar ensinamentos para partilhar ao descê-la. SER IGREJA nada mais é que colocar o nosso SER JOVEM, o nosso SER PESSOA e o nosso SER ALPINISTA a serviço do trabalho fraterno, missionário, evangelizador. É seguir o exemplo do Cristo e ser sal da terra e luz do mundo para todos que nos cercam. 

YOUCAT

“Este é o desejo do meu coração. Estudai o catecismo com paixão e perseverança! Para isso, sacrificai tempo!

 

Estudai-o no silêncio do vosso quarto, lede-o enquanto casal se estiverdes a namorar, formai grupos de estudos e redes sociais, partilhai-o entre vós na Internet! Tendes de saber o que credes. Tendes de estar enraizados na fé ainda mais profundamente que a geração dos vossos pais, para enfrentar os desafios e as tentações deste tempo com força e determinação.”

Esse texto, tão bonito e tão profundo, tão animador e mobilizador é do Papa Bento XVI na contra capa do YOUCAT.

O YOUCAT é a versão juvenil do Catecismo da Igreja Católica lançado pelo Papa durante a Jornada Mundial da Juventude deste ano, em Madri. Este catecismo possui uma linguagem jovem e atraente, conteúdo profundo e forma moderna.

O YOUCAT foi preparado por uma equipe de jovens, padres e bispos de vários países do mundo, buscando atualizar a mensagem sempre nova da Doutrina Católica, das verdades que acreditamos e da fé que professamos.

De fato, embora tenhamos um relacionamento pessoal com Jesus através do Escalada, encontros, projetos, pós, carecemos de uma profundidade de fé que nos ajude a dar as razões da nossa esperança cristã.

Nos últimos anos buscamos aprofundar a nossa identidade de alpinistas. Buscamos uma refundação das nossas práticas e experiências e continuaremos assim, para sempre. Agora um passo novo é proposto. Da identidade de alpinistas vamos avançar para a identidade cristã. Da pertença ao Movimento, vamos saltar, qualitativamente, para a pertença à Igreja Católica.

É verdade: tudo, identidade de alpinista e de cristão, pertença ao Movimento e à Igreja, faz parte de uma mesma realidade. Mas, pedagogicamente, esse caminho evolutivo é preciso ser feito. E a hora é essa.

Com o YOUCAT ganhamos do Papa um presente que nos ajudará a fazer esse caminho.

Pe. Mané