Momento Projeto de Oração - Amor em Movimento



Momento Projeto de Oração

Paz e bem, irmãos alpinistas. Estamos vivendo um ano especial na história do Movimento Escalada em que celebramos 40 anos de uma linda história que, inevitavelmente perpassa por dois importantes pilares: o Amor e o Movimento. Elementos complementares que traduzem muito da essência do Escalada, eis que tudo circunda no Amor. Inspiramo-nos no Amor de Deus. Nosso Serviço reflete esse Amor e torna todas as experiências únicas que ganham uma dinâmica com o Movimento. A essência do Escalada refletida em sua história e em todas as suas ações sempre envolvem Movimento. No sentido de agir, desinstalar-se, ser missionário. Isso é ser Movimento no sentido mais genuíno como aprendemos e devemos ser nos espelhando em Jesus Cristo. Cristo foi Amor em Movimento em sua essência mais bela e sagrada. Dito isso, o nosso Momento PO desse mês nos convida a contemplarmos esses dois elementos essenciais para a proposta de vida no carisma do Ser Pessoa em Clima de Oração. Em nossa vida em Cristo, qual a importância que o Amor tem? É um amor estático (omisso) ou buscamos movimentá-lo (disponibilizarmos a serviço de nossa missão)? Devemos, de fato, contemplar o Amor de Deus. Um tema “simples” e ao mesmo tempo bastante profundo e abrangente. Há muito o que se falar e muitas nuances que podemos enveredar. Nós, católicos que somos, temos uma premissa básica e incontestável: o Amor de Deus é incomensurável. Deus é puramente amor! Amar é um aprendizado constante. Pressupõe um exercício para que possamos amadurecer. Aprendemos a amar vivendo por/com/em Cristo. A oração é o fio que nos conduz em nossa busca diária para aprender a amar como Ele nos ensinou e espera de nós. Aprendemos que nossa Missão, enquanto cristãos, pode ser identificada em duas palavras: Amor e Serviço (Movimento do Amor). Não adianta apenas cultivar um sentimento positivo por alguém se isso não se traduz em um gesto concreto. O amor se torna pleno e cristão, quando ele gera um serviço efetivo. Amor sem Movimento é omissão! “Bote Fé, seja palavra e ação, pra viver em oração”. O trecho transcrito da música indica que o primeiro passo é acreditar. Afinal, como seguir e praticar algo em que não se acredita? Sendo assim, somos convidados a ser “palavra e ação”, a assumir a nossa missão de Amar e Servir (movimentar). Deus é amor! Deus nos ensinou a amar! Como estamos vivenciando esse presente?O catecismo (Youcat, 402) identifica o amor como sendo a “livre entrega do coração”. Conseguimos entender a plenitude deste conceito, contemplando a vida de Cristo. Cristo é a mais pura apresentação do amor que Deus tem por nós. Deus se fez carne (Jo. 1, 14) para nos mostrar e ensinar o que é o amor. Trouxe para a humanidade o seu filho que viria para nos ensinar e entregar a vida por nós. Existe prova maior de Amor? Quando nos questionarmos como aprender a amar, nós cristãos temos uma forma bem simples e direta: olhar e contemplar a Cruz. Cristo veio para nos convocar a espalhar o amor. É isso que fazemos quando evangelizamos. Como o Cristo, devemos evangelizar através dos nossos exemplos. Afinal, “as palavras convencem, os exemplos arrastam”. Irmãos, somos convidados nesse ano a identificar como o Amor de Deus está presente em nosso amor. Em nossos gestos, palavras, serviços. Convidamos todos a entrarem nessa jornada de contemplação do amor de Deus, premissa que deve ser materializada colocando-o em Movimento! Para conduzir essa reflexão, convidamos vocês a começarem a refletir o tema, conduzidos por dois presentes que a Bíblia nos transmite: rezemos juntos as seguintes passagens: 1Cor. 13, 1-10 e Jo. 1, 14. O que Deus nos transmite com essas mensagens? Sejamos luz na multidão, sejamos luz no mundo. Não podemos esconder essa nossa luz evangelizadora, movimentando esse Amor, eis que “Uma luz tão bela não pode ficar escondida”. Vamos nessa, com Cristo no coração! Movimentemo-nos no Amor! Essa é a nossa Missão! Movimento Escalada em Salvador, 23 de abril de 2018.

#momentoprojetodeoração #amoremmovimento

Outros Posts