Encontro Anual - Missões Marianas - Setembro



Encontro Anual 2017

AS DORES DE MARIA

“A palavra de Deus é viva, eficaz, mais penetrante do que uma espada de dois gumes, e atinge até à divisão da alma e do corpo, das juntas e medulas, e discerne os pensamentos e intenções do coração” (Hb 4,12).

Irmãos Alpinistas,

A dor é sempre um ponto delicado da vida de uma mãe, ainda maior quando essa mãe é Maria, mãe do Cristo e da Humanidade.

Ser mãe vem ao encontro da plenitude do ser feminino. Uma mãe é chamada a gerar um novo ser humano, seja física ou espiritualmente. Com Maria, Mãe de Jesus, também foi assim. Ela foi escolhida por Deus para uma gravidez incomum, em que o fruto de seu ventre traria a vida eterna para toda a humanidade. Na vida de Maria muitas foram as dores e ela seguiu seu Sim, dedicada a Jesus. Imaginamos o quanto é difícil ver filho sofrer, não é? Dor de filho é dor sofrida, principalmente no coração de mãe! É angustia silenciosa que se veste de coragem e força para demonstrar ao filho controle e segurança frente a sua dor ou doença. Dor de filho dói na alma de quem, impotente, nem sempre consegue livrá-lo de passar por ela e ter que se submeter ao tempo a se revelar, tratar e curar. É tempo que parece não correr, mas corroer aquela que só quer proteger.


Maria passou por sete dores na Apresentação de Jesus no Templo, ouviu do velho Simeão que uma espada de dor transpassaria o seu coração de mãe. A fuga para o Egito; mais tarde com a dor que Maria experimentou quando teve que procurar seu Filho durante três dias, na sua viagem para Jerusalém. Uma nova dor para o seu coração foi a separação de Jesus quando início de sua vida pública. E durante a Paixão, é possível imaginar como estava o coração de Maria seguindo Jesus? Jesus encontra sua Mãe no caminho para o Calvário... Maria está junto do Filho agonizante, aos pés da Cruz; por fim última dor, recebe entre os braços o corpo exânime do Filho divino. Maria é Co-redentora do gênero humano, porque foi associada realmente á nossa Redenção.

Assim como Maria, todas as mães passam por dores, algumas mais intensas, outras mais profundas. Algumas conseguem encontrar um sentido e se fortalecem em seu silêncio, outras precisam de apoio para se reerguer. Maria nos serve de exemplo de pessoa, ajuda a passar das tempestades e seguir fortalecida avante a sua vida, mesmo que seja necessário se rearrumar, se cuidar e se curar de sua dor. Cada mãe terá seu tempo para retomar sua paz e alegria e cada uma o fará de forma diferente.

Que Maria em suas dores nos ensine a permitir-se buscar formas de reencontrar recompor-se e ter a serenidade para seguir, pois não temos o poder de impedir que novas dores cheguem, elas fazem parte da vida, mas que seja possível aprender e se fortalecer com cada uma delas.

MISSÃO MARIANA - SETEMBRO

PROPOSTA:

- Nesse mês de setembro, mês da Bíblia, nossa proposta é que possamos viver a palavra tão profundamente como Maria viveu as dores de ter uma espada a transpassar a alma. Em setembro também, a Igreja celebra as sete dores de Maria, em sequencia da festa da exaltação da Santa Cruz. É uma devoção muito antiga que visa contemplar o sofrimento de Nossa Senhora, em função dos sofrimentos de seu Filho. A ideia é ouvir mães que perderam seus filhos ou passam/passaram por situações complicadas. E como elas superaram/ ou ajuda-las a encontrar no Exemplo da Pessoa de Maria essa possibilidade. A dor é sempre um ponto delicado da vida de uma mãe, mas Maria Mãe de Deus em seu exemplo de pessoa mostrou um caminho a seguir. Pode ser através do acolhimento dessa mãe, que possa contar da sua dor/ superação de uma dor em um zonal; Pode ser através do estudo das dores de Maria numa roda de mães ou usar a criatividade. Que Maria nos ajude!

ORIENTAÇÕES:

- Para que possamos partilhar as nossas vivências e experiências, as cidades deverão registrar os momentos e compartilhar em suas redes sociais. O registro pode ser através de fotos, vídeos ou relatos de experiência/ testemunho. Esse material também será veiculado nas redes sociais do Encontro Anual – 2017.

- Para identificar o conteúdo e facilitar que todos vejam, pedimos que todos nós usemos #MissoesMarianas para as postagens em nossas redes.

- A Comissão Organizadora do 24o Encontro Anual estará à disposição das cidades para qualquer dúvida ou esclarecimento.

Sugestões de leituras: - Sete Dores de Nossa Senhora - Programação semana das dores

Movimento Escalada em Cruz das Almas

XXIV Encontro Anual – 2017

#encontroanual #missõesmarianas

Outros Posts