Momento Projeto de Oração – A sagrada família de Nazaré.



Neste mês vocacional, consagremos a Sagrada Família, modelo de família cristã!

O mês de agosto nos traz algumas reflexões acerca das vocações que nos é concedida através do chamado de Deus. A cada domingo é celebrado, respectivamente, os dias do padre, da família, dos religiosos, dos leigos e dos catequistas, a fim de mostrar a importância das vocações, na certeza de que todas são indispensáveis, pois cada uma tem a sua especificidade e nos leva à perfeição da caridade, que é a essência da vocação.

Neste segundo domingo de Agosto, quando também é comemorado o Dia dos Pais, vamos juntos refletir sobre a vocação familiar! Sabemos que a base de toda família cristã é direcionada a seguir as virtudes da Sagrada Família, que é proposta pela Igreja como o modelo de todas as famílias cristãs, pois nela Deus está sempre no centro de suas decisões e ocupa sempre o primeiro lugar!

Olhemos para este grande exemplo de família: Maria, uma dona de casa; José um carpinteiro e Jesus, um filho exemplar e obediente. Uma família feliz e simples. Jesus, o Filho de Deus, desceu do céu e se fez homem dentro de uma família. Ele nasceu numa família comum. Seus pais eram pessoas comuns, simples, trabalhadores, como tantas famílias espalhadas pelo mundo.

Maria, como mulher temente a Deus, sempre disse Sim: “Eis aqui a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a sua palavra”. (Lc.1,38). Acompanhando seu Filho por toda a história da nossa Salvação, Maria nos dá todos os exemplos de como seguir Jesus para chegar a Deus. Viveu toda a sua vida dedicada a Jesus, ajudando a prepará-lo para tudo o que tinha que viver e sofrer. Estava sempre presente como a mãe que sempre acompanha os passos do seu filho.

São José, um homem justo, pai e esposo fiel, carpinteiro, trabalhador, obediente aos pedidos e ordens de Deus. Um Anjo apareceu a São José e disse: José, filho de Davi, não temas receber Maria por tua mulher, porque o que dela vai nascer é obra do Espírito Santo de Deus. (Mat 1,20). São José, o padroeiro das famílias, sempre foi o defensor de Maria e Jesus, e com o trabalho simples de carpinteiro dava sustento para a Sagrada Família.

Jesus Cristo, o redentor de nossos pecados, o Filho de Deus, o Verbo Eterno que se fez carne e habitou entre nós. A prova maior do amor de Deus por nós, como diz São Paulo: Ele aniquilou-se a si mesmo deixando sua condição divina e assumindo a condição humana. Jesus viveu uma vida comum, ordinária e oculta até se manifestar ao mundo. Foi obediente a seus pais, um filho exemplar! Durante a maior parte de sua vida terrena, Jesus viveu numa família humana comum, a Sagrada Família de Nazaré!

Muitas passagens demonstram que José e Maria sempre estiveram juntos e ao lado de Jesus, mostrando a solidez da união da família, direcionando como as pessoas devem agir com o pai, a mãe, irmãos e familiares, mostrando assim que a Família é sinônimo de carinho, respeito, amor e união.A devoção à Sagrada Família começou a ter grande popularidade no século XVII e foi se propagando pela Europa e pelo continente americano. A devoção à festa da Sagrada Família foi instituída pelo papa Leão XIII, em 1883. Depois disso, foi estendida pelo papa Bento XV a toda a Igreja.

Que mais lindo exemplo nós, cristãos católicos, temos para construirmos uma base familiar sólida! A Sagrada Família de Nazaré é o modelo de família que vive do amor sublime - o amor de Deus e o amor para Deus. Contemplando-a, percebemos como Jesus foi gerado, cuidado, orientado e amado por seus pais. Jesus de Nazaré experimentou esse amor e, por isso, não reteve para si este dom: viveu-o. É o grande exemplo do Deus Vivo e como nos disse nosso querido Papa Francisco em uma de suas homilias, a família é o santuário da fé! Sejamos o santuário da fé! Vamos agora juntos rezar a oração que Papa Francisco nos ensina:

Jesus, Maria e José, a vós, Sagrada Família de Nazaré, hoje dirigimos o olhar com admiração e confiança; em vós contemplamos a beleza da comunhão no amor verdadeiro; a vós confiamos todas as nossas famílias; para que se renovem nessas maravilhas da graça.

Sagrada Família de Nazaré, escola atraente do santo Evangelho: ensina-nos a imitar as tuas virtudes com uma sábia disciplina espiritual, doa-nos o olhar claro que sabe reconhecer a obra da providência nas realidades cotidianas da vida.

Sagrada Família de Nazaré, guardiã fiel do mistério da salvação: faz renascer em nós a estima pelo silêncio,torna as nossas famílias cenáculo de oração e transforma-as em pequenas Igrejas domésticas, renova o desejo de santidade, sustenta o nobre cansaço do trabalho, da educação, da escuta, da recíproca compreensão e do perdão.

Sagrada Família de Nazaré, desperta na nossa sociedade a consciência do caráter sagrado e inviolável da família, bem inestimável e insubstituível. Cada família seja morada acolhedora de bondade e de paz para as crianças e para os idosos, para quem está doente e sozinho, para quem é pobre e necessitado.

Jesus, Maria e José a vós com confiança, rezamos, a vós com alegria nos confiamos.

Papa Francisco

Movimento Escalada em Salvador, 11 de agosto de 2017.

#momentoprojetodeoração #sagradafamília

Outros Posts

Bahia - Pernambuco - Sergipe

© 2016 por Movimento Escalada.