Palavra do Alpinista - Jôjô



Pede, confia, aceita e agradece.

Pensei dias sobre o que escrever, e conclui que todos os meus pensamentos findam no amor de Deus por nós e que devemos confiar Nele, no tempo Dele, e nos planos Dele para nossas vidas. Muitas vezes precisamos de uma nova direção e o caminho a ser seguido nos parece impossível, assim, precisamos ser guiados.

Devemos dispensar ideias de “dentro da caixinha”, ideias limitantes e para dispensar é preciso “des-pensar”. Abandone dos seus pensamentos concepções de que você não pode, de que só vai ser feliz se tiver dinheiro, se tiver o celular do ano, se tiver o melhor carro ou mais seguidores em redes sociais; porque de fato, nós não necessitamos disso, nós podemos ser mais, mudar a direção, mudando apenas o nosso olhar. Determinadas coisas existem para ser desfrutadas sim, mas com cuidados. Nós alpinistas, colocamos as “coisas do mundo” (no seu devido lugar) na nossa cruz do “Ser pessoa”, logo, tem sua importância, caso contrário, seriam omitidas.

Quando permitimos que Deus assuma o controle de nossa vida, Ele sempre vai nos transformar para melhor conforme nossas necessidades. E precisamos ter em mente que o melhor para nós é diferente, pois muitas vezes as coisas parecem estar desmoronando, desajustadas, mas é a “vida” colocando tudo nos eixos, como deve ser. O que acontece em nossas vidas não é por acaso, Deus sempre tem uma razão, talvez seja para nos fazer crescer, as vezes para nos corrigir... no futuro, talvez, encontraremos uma explicação e perceberemos de que o intuito final é nos abençoar e proteger.


Ele tem um plano, uma vontade para a nossa vida, que é a melhor possível. Para que isto aconteça, é necessário que nos ofereçamos a Ele, permitindo e desejando sermos guiados à “nova direção”, aceitar seu imenso amor por nós. Amor esse, capaz de perdoar todos os nossos pecados, de morrer por nós. Deus nunca entrega uma cruz mais pesada do que possamos suportar, e caso pareça pesada demais, Ele vem e nos sustenta, não nos abandona e ainda transforma a dor em benção, em aprendizado.

A vida passa como um sopro, é rápida e quando menos esperamos, situações desastrosas acontecem ou o tempo se acaba. Nossa vida precisa/tem que ser vivida da melhor maneira possível, mas isso não significa fazer tudo o que você quer, mas sim perguntar a Deus o que Ele quer, porque Ele é quem sabe o melhor para nós.

Joana Mendes (Jôjô) - 77ª Escalada em Salvador - ECO (Em clima de oração).


Outros Posts

Bahia - Pernambuco - Sergipe

© 2016 por Movimento Escalada.