Calendário Temático

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Calendário 2016

JANEIRO

 

18.JAN A 24.JAN – ORAÇÃO – NOVO TEMPO — ANO NOVO, VIDA NOVA!

 

O quanto ja parou pra refletir nos projetos pra esse ano? Viveu a linda festa de réveillon, mas e a Cruz do ser pessoa nesse ano que já começou,  onde fica?  Temos muitos planos, mas já tentou ouvir os planos que Deus tem para você nesse ano?  As vezes o tempo Dele difere do nosso. Paremos um pouco pra refletir sobre o ano que ja chegou.

Sugestões de músicas : Novo Tempo,  Todos os Sinais,  Ouvi Deus.

 

25.JAN A 31.JAN – COMPORTAMENTO – SER PESSOA NOS DIVERSOS AMBIENTE A LUZ DO ANO DA MISERICÓRDIA

 

Sabemos que ser pessoa é estar cotidianamente tentando manter sua cruz equilibrada. Ser é a todo momento. A maior festa de rua do país vem se aproximando e nós somos convidados por todos os lados a vivê-la. A igreja também nos convida esse ano a viver o ano da misericórdia, e nós, como cristãos, devemos seguir esse chamado também nesta época festiva. Muitas vezes a Avenida pode ser palco de exageros, excessos, violência e atos de desamor. Como podemos ser reflexo do olhar misericordioso de Deus para ser exemplo a todos? O Carnaval é uma grande vitrine onde talvez seja maior a oportunidade de se expressar ou passar uma mensagem através de atitudes, e talvez possamos ser a única bíblia que o outro pode ler. Como a falta de misericórdia para com o outro e até para consigo interfere nessas atitudes que podemos encontrar no carnaval? As vezes é no escuro que uma luz resplandescente mais intensamente.

Sugestões de músicas: Pra Celebrar a Paz, Ser Alpinista, Transformação

 

FEVEREIRO

 

01.FEV A 07.FEV - TEMA LIVRE

 

8.FEV A 14.FEV - COMPORTAMENTO: QUARESMA – FORTALECEI VOSSOS CORAÇÕES


É tempo da Quaresma, quando somos chamados a escutar a Palavra de Deus com redobrada atenção amorosa para comtemplarmos momentos de renovação, análise e imprescindivelmente de reflexão profunda sobre cada um de nossos passos, nossas palavras e atitudes, através do jejum, da oração e da caridade. O papa Francisco em muitos dos seus discursos, lançou uma bela mensagem sobre a quaresma: “Fortalecei Vossos Corações”. Um dos trechos diz o seguinte: “Quando deixamos Deus, Ele nos procura e cuida de nós. Seu amor impede-lhe de ficar indiferente perante aquilo que nos acontece. Coisa diversa se passa conosco. Quando estamos bem, esquecemo-nos dos outros, não nos interessam os seus problemas, nem as tribulações e injustiças que sofrem. E, assim, o nosso coração cai na indiferença. Hoje, essa atitude egoísta de indiferença atingiu uma dimensão mundial tal, que podemos falar de uma globalização da indiferença. Trata-se de um mal-estar que temos obrigação, como cristãos, de corrigir”. Quaresma é tempo de transformação, vamos juntos?

Palavras- chave: comportamento, quaresma, Papa Francisco.

Sugestões de músicas: Guetos, Identidade, A Voz de Deus, Só Deus Basta.

 

15.FEV A 21.FEV - ESTUDO: CAMPANHA DA FRATERNIDADE – CASA COMUM, NOSSA RESPONSABILIDADE.


“Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca!” (Am 5,24). Esse é o lema da nossa campanha da Fraternidade de 2016, uma campanha ecumênica, porque temos o desafio de construir uma casa comum justa, sustentável e habitável para todos, independente de nossa religião. Quais os nossos aliados nessa campanha? E o que podemos fazer enquanto cristãos para modificar a realidade dos que necessitam?

Palavras-chave: ecumênica, casa comum, justiça, campanha da fraternidade.

Sugestões de músicas: Hino da campanha da Fraternidade 2016, Transformação, Povo Sertanejo, Meninos da Nova Terra.

 

22.FEV A 28.FEV - ORAÇÃO: REZANDO O TERÇO DA MISERICÓRDIA


“Escreve isso para as almas atribuladas: Quando a alma vê e reconhece a gravidade dos seus pecados, quando se desvenda diante dos seus olhos todo o abismo da miséria em que mergulhou, que não desespere, mas se lance com confiança nos braços da minha misericórdia, como uma criança nos braços da mãe querida…” Disse Jesus em revelação à Irmã Faustina. Confiantes, entremos em sintonia com Deus e supliquemos que das nossas misérias, brote Sua misericórdia.

Palavras-chave: terço, Irmã Faustina, misericórdia.

Sugestões de músicas: Perdão Pelo Que Não Faço, Perdoa-me, Tempo de Escutar, Digno.

 

MARÇO

 

29.FEV A 06.MAR- COMPORTAMENTO: PRATICAR PAZ, ORIUNDA O RESPEITO
Abrigar a paz dentro dos nossos corações diante das divergências e situações que somos colocados constantemente, é um exercício e, assim como qualquer outro, exige disciplina, constância e dedicação. Há que se praticar a paz à exaustão para que ela atinja o coração de forma plena. Praticar a paz é tarefa árdua. É preciso buscá-la incansavelmente. Dia após dia. À combustão. Praticar a paz implica reprimir nossos instintos mais egoístas e exercer incessantemente a compaixão, gratidão e a misericórdia. É reconhecer a pequenez dos próprios defeitos e assim se compadecer da miudez alheia. É não tentar justificar preconceitos, é reconhecê-los e enfrentá-los para aliviar o peito, respeitando a multiplicidade de opiniões e formas que nos são apresentadas e exaurir o melhor que o próximo tem a nos ensinar. Vamos exercitar a paz?

Palavras-chave: paz, comportamento, respeito, exercício.

Sugestões de músicas: Brilhe a Tua Luz, Pessoa da Luz, Todos Nós.

 

07.MAR A 13.MAR - ESTUDO: MISERICÓRDIA – A MISERICORDIAE VULTUS


O Papa Francisco convocou a Igreja do mundo todo para um Ano Jubilar Extraordinário dedicado à Misericórdia, onde somos chamados a olhar para o próximo sem julgar e condenar, com amor e perdão sem medida. É momento de conversão. O santo padre escreveu uma bula, para nos ajudar, intitulada Misericordiae Vultus, que significa “O Rosto da Misericórdia”. Nela podemos entender melhor como podemos agir para alcança-la, através de obras corporais e espirituais. Lições de um ano, que se estenderão por uma vida. Vamos nessa?
Palavras-chave: misericórdia, misericordiae vultus, obras corporais e espirituais.
Sugestões de músicas: Serviço, Total Dimensão, Ser Cristão, Dividir Pra Somar.

 

14.MAR A 20.MAR - ORAÇÃO: VIA SACRA


“Senhor, concede-me a graça de compartilhar contigo o caminho da cruz, penetrar teus pensamentos e sentimentos: o que pensavas, o que sentias enquanto carregavas a cruz pela humanidade, por mim? Ajuda-me a compreender um pouco mais do que esta via dolorosa significou para ti. Com a minha pequenez, eu me atrevo a caminhar contigo nestas estações, deixando-me impressionar pela contemplação do teu mistério, buscando teu olhar de dor, de agonia, de morte, de paz.” Inspirados, oremos através da dor e do amor da Via Sacra do Senhor.
Palavras-chave: via sacra, oração, dor, amor.
Sugestões de músicas: Horto, Calvário, Flagelo.

 

21.MAR a 27.MAR – TEMA LIVRE

 

ABRIL

 

28.MAR A 03.ABR – COMPORTAMENTO – NÃO DEIXE PRA AMANHÃ, CONFIE EM DEUS


O hábito de deixar tudo para depois tem perseguido a vida de muitas pessoas. Mas há algum mal nisso? Sim e não. Grande parte das vezes deixamos as coisas pra depois por medo ou acomodação, mas precisamos confiar em Deus plenamente, ás vezes, Deus quer que planos sejam mudados e novas metas sejam estipuladas. Mas nada disso é possível se não confiarmos nos seus planos para nós ou desanimarmos com os momentos ruins e baixos de nossas vidas. Por isso é tão importante estarmos em vigilância, em constante deserto. Deixar para amanhã, não vai nos livrar do nosso compromisso, apenas adiá-lo e fazendo-o entrar na bola de neve com os outros. Confie em Deus!
Palavras-chave: confiar, agir, planos de Deus, compromissos.
Sugestões de músicas: Bote Fé, Talismã, Novo Caminho.

04.ABR A 10.ABR – ESTUDO – ANJOS


A existência dos anjos é dogma de fé confirmado por vários Concílios, pela Sagrada Escritura e pela Tradição da Igreja. Jesus disse que os anjos contemplam “constantemente a face de meu Pai que está nos céus” (Mt 18,10). Mas quem são os anjos? Quais são as suas missões? Gabriel Arcanjo é o anunciador por excelência das revelações divinas. Conhecedor dos mais profundos mistérios de Deus, foi quem anunciou a Maria que ela era cheia de graças e a escolhida para ser a Mãe do Salvador. Pelas palavras do Arcanjo, Maria foi entendendo a ação do Espírito Santo nela e, assim, foi se preparando para sua missão. O próprio anjo diz sobre si mesmo: “Eu sou Gabriel, e estou sempre na presença de Deus. Eu fui enviado para falar contigo e anunciar-te esta boa nova” (Lc 1, 19). Creia nisso! Se você pedir, ele virá e comunicará o que Deus quer de você, pois seu desejo é transmitir seus planos a nós: “O Senhor não faz coisa alguma sem revelar seus planos aos profetas, seus servos” (Am 3, 7). Deus quer entrar e interagir em sua vida, transmitindo-lhe sabedoria e discernimento, quer cuidar de você com carinho e amor. E para isso, usa de Seus mensageiros, os anjos. Como Arcanjo da revelação, Gabriel.

Palavras- chave: Anjos, Anjo Gabriel, Mensageiros.

Sugestão de música: Anunciação (OPA)

11.ABR A 17.ABR – ORAÇÃO – PAUSA INACIANA

 

Santo Inácio de Loyola nos deixou diversos exemplos de exercícios espirituais como forma de entrarmos em oração e contato constante com Deus no nosso cotidiano. A Pausa Inaciana é uma proposta que convida à oração diária de revisão de vida e de atos praticados, sintetizando essa metodologia de oração em cinco passos, quais sejam: i) Ação de graças: agradecimento; ii) Pedido de Luz; iii) Discernimento: identificar a presença de Deus, iv) Perdão: exame de consciência, v) Proposta de Mudança: amanhã será melhor. Vamos entrar em sintonia aceitando essa metodologia de oração?

Palavras-chave: Santo Inácio de Loyola; Exercícios Espirituais; Pausa Inaciana; Discernimento.

Sugestões de músicas: Todo Dia Eu Agradeço, Essa Luz, Sinais de Deus, Perdão Pelo Que Não Faço, Claridade

18.ABR A 24.ABR – COMPORTAMENTO – DÍZIMO

 

O dízimo é , primeiramente, representação de nossa devolução para a igreja, oferta de nossa vida a Deus, e como consequência disso, é uma forma de colaborar com as obras de misericórdia feitas por cada paróquia. Como exemplos disso temos a pastoral da criança, que agiu de modo efetivo, ajudando a reduzir a mortalidade infantil no Brasil e o acolhimento de tantos refugiados. De que forma o dízimo, as obras sociais e os tributos voltam para a sociedade? Discutir as três dimensões do dízimo: Religiosa, missionária e social.

Palavras-chave: Dízimo, devolução, igreja como agente na sociedade,

Sugestão: Convidar alguém do dízimo da paróquia para melhor esclarecer o tema e convidar os participantes do zonal para colaborar também!

MAIO

25.ABR a 01.MAI – TEMA LIVRE

02.MAI A 08. MAI - (DIA DAS MÃES) – ORAÇÃO – MARIA, PESSOA EM CLIMA DE ORAÇÃO


“ Maria, porém conservava todos esses fatos e meditava sobre eles em seu coração” (Lc 2, 19). O silêncio de Maria é profundo e perscrutador, não era uma manifestação de indiferença. Era o silêncio de um aprendizado profundo. Hoje em dia é muito difícil fazer silêncio interior e meditar sobre o que acontece com a gente, ouvindo nosso coração. Uma vida de oração requer momentos profundos de silêncio, onde estejamos desligados de tudo o que nos rouba a quietude externa e interna para estarmos ligados e conectados com Deus, pois é no silêncio do coração que Ele fala. Em verdade, Deus quer um coração manso, pacífico e um verdadeiro adorador de corpo e alma. Com o silêncio de Maria, temos um modelo de oração: Guardar mais, falar menos; Amar mais, julgar menos; Fazer mais, condenar menos.

Palavras-chave: Maria, Mãe, guardar as coisas no coração.

09.MAI A 15.MAI – ESTUDO – OUTRA FACE DA IDADE MÉDIA: A CIÊNCIA!


A ciência, como sabedoria, é um dos dons do Espírito Santo, isso ja deveria mostrar que a Igreja não é contra o desenvolvimento cientifico. Apesar de ter sido dura nas penalidades com muitos pensadores e estudiosos, principalmente na Idade Media, a mesma, a partir de seus membros, deu varias contribuições como o método científico criado por Roger Bacon, frade franciscano que é aplicado até hoje, ele foi o primeiro a defender a experimentação como método de conhecimento. Além das diversas universidades construídas pela Igreja também existe a contribuição de Gregor Mendel, o pai da genética, para o desenvolvimento científico. Portanto, ciência e Igreja não caminham para lados opostos. O que a Igreja pensa sobre a ciência? Como foi a evolução da relação Igreja-Ciência? Como esse laço tem se estreitado?

Palavras-chave: Igreja e ciência, São Francisco de Assis, Santo Agostinho.

 

16.MAI A 22.MAI – COMPORTAMENTO – NOSSA ROTINA É VIVER A EUCARISTIA


Dia 26 de maio celebramos a festa de Corpus Christi. Um momento de compreendermos o mistério pascal de Cristo e a importância da Eucaristia para nós, cristãos. Para tal, precisamos (re)ver como estamos participando das celebrações eucarísticas, as missas. Estou ciente dos gestos que faço? Estou em comunhão com as orações eucarísticas ou só faço eco às palavras do padre? Como minha vivência nas missas reflete no meu cotidiano? Faço da eucaristia rotina em minha vida?

Palavras-chave: Corpus Christi, Liturgia Eucarística, Transubstanciação.

 

23.MAI A 29.MAI – TEMA LIVRE

JUNHO

 

30.MAI a 05.JUN – ESTUDO – LOUVADO SEJAS, MEU SENHOR


“ … os progressos científicos mais extraordinários, as invenções técnicas mais assombrosas, o desenvolvimento econômico mais prodigioso, se não estiverem unidos a um progresso social e moral, voltam-se necessariamente contra o homem.” Paulo VI já nos alertava sobre o modelo de desenvolvimento em que vivemos e o Papa Francisco, motivado pelo Evangelho e sedento por mudança de atitude no trato para com a Casa Comum, nos escreve a Encíclica Laudato Si, propondo uma Ecologia Integral. Como católicos, devemos estar atentos à mensagem que nosso Papa tem a nos falar, em favor disso, o que o motivou? No que consiste essa Ecologia Integral? Por que São Francisco de Assis é tão importante neste documento?

Palavras-chave: Encíclica, Laudato Si, Papa Francisco, São Francisco de Assis e Ecologia Integral.

 

06.JUN  A 12 JUN – ORAÇÃO – LITURGIA DAS HORAS


Existem diversas formas de rezarmos para nos aproximar de Deus, uma delas é a liturgia das horas(ou Ofício Divino). A essência desta oração é a santificação das horas do dia do cristão, através das várias horas canônicas. No Concílio Vaticano II foram delimitadas 5 ou 7 horas canônicas: o Ofício das Leituras; Laudes ou Oração da Manhã; Hora média; Vésperas ou Oração da Tarde ; Completas ou Oração da Noite. Vamos conhecer mais um pouco o que nos propõe nossa igreja? Que tal tentar integrar, cada dia mais, a oração nas nossas vidas?

Palavras-chave: Liturgia das horas, Ofício Divino, Concílio Vaticano, Oração.

13.JUN  A 19.JUN – COMPORTAMENTO – COMO SER CRISTÃO EM MEIO AO CLIMA DE INSEGURANÇA DOS DIAS ATUAIS?

 

Você já ouviu a frase “nosso mundo está perdido”? Pois é, muitas vezes nos mesm/os nos pegamos pensando assim, quando assistimos aos jornais e vemos tanta violência, a cada instante uma notícia do quanto o ser humano pode ser cruel com o outro. Mas será que assumir que não tem mais jeito é mesmo a nossa única saída? Deus pede para que sejamos misericordiosos e nos amemos como irmãos, por isso sentir raiva do praticante da agressão não vai de encontro com que o que Ele nos pede? Claro que não é fácil não julgar um agressor ou marginal, porém assim como Jesus nos ensina em Mt 5,39 a oferecer a oura face quando agredido não cultivando a raiva, também o Papa Francisco nos mostra contra exemplos de tanta violência devemos, como cristãos, não nos omitir nem deixar que a raiva nos impeça de ser a luz que o mundo precisa.

Palavras-chave: violências, omissão, misericórdia, Papa Francisco, Mt 5,39

 

20.JUN A 26.JUN – TEMA LIVRE

JULHO

 

28.JUN  A 03.JUL -“JESUS, MANSO E HUMILDE DE CORAÇÃO, OUVI-NOS”

 

A humildade é apresentada como chave para que abra os tesouros da graça (cf. Tg 4,6) e o início para o exercício das outras virtudes. Desse modo, ela nos ajuda na tomada de consciência de que nossos dons vêm de Deus e que devemos ofertar o que temos de forma desinteressada, assim como nossa mãe Maria. Que possamos através da Ladainha da Humildade rezar para que tenhamos força para nos afastar da soberba e do egoísmo tão presentes em nossa sociedade e assim, compreender melhor a vontade divina.

Palavras-chave: humildade; chave das virtudes; combate ao pecado original; combate a soberba.


http://blog.cancaonova.com/natal/2014/12/17/ladainha-da-humildade/

04.JUL A 10.JUL - ESTUDO - A IGREJA E SUA COMUNICAÇÃO COM O MUNDO ATRAVÉS DOS DOCUMENTOS 

 

A Igreja precisa se comunicar com os quatro cantos do mundo e isto é feito através da vida dos cristãos, dos sacramentos e suas celebrações, através da palavra, dos documentos, além de outras maneiras. Foquemos neste tema na comunicação através de documentos (bulas, encíclicas, exortações…). Existem vários deles, com objetivos diversos. Vamos conhecer um pouco mais sobre cada um deles? O que são? Quais as diferenças entre eles? Como eles surgem? Como se sente a necessidade de criá-los? Entendendo mais sobre os meios de comunicação da nossa Igreja, entendemos mais sobre ela mesma!

Palavras-chave: documentos; bulas; encíclicas; exortações.

Sugestão: refletir sobre alguns documentos.

 

11.JUL A 17.JUL – TEMA LIVRE

18.JUL A 24.JUL – ORAÇÃO - ROSÁRIO MISSIONÁRIO

 

O bispo Fulton Sheen teve a ideia de que, através das cinco dezenas do rosário, pudéssemos rezar pelos cinco continentes do mundo, abandonando o egoísmo e se solidarizando para com as outras realidades.

A cada continente foi designado uma cor que faz referência às suas características. Desta forma, temos a missão de assumir nossa responsabilidade como discípulos missionários e interceder por nossos irmãos em seus diversos contextos.

Obs: O rosário missionário é feito como o rosário tradicional, com o Pai Nosso e um “Maria Rainha das missões, rogai por nós” ao fim de cada mistério, dez Ave Marias e um Glória ao Pai. 

Palavras-chave: rosário; 5 continentes; oração internacional; clima olímpico.

http://pt.aleteia.org/2016/05/10/terco-missionario-arma-eficaz-que-une-cristaos-do-mundo-inteiro/

 

25. JUL A 31.JUL – COMPORTAMENTO - RELATIVIZAMO-NOS? 

 

Ao se falar de Igreja e da nossa fé, muitas vezes nos pegamos criando nossas próprias opiniões acerca das suas tradições e princípios. Tendemos a adaptar a religião a partir dos nossos próprios valores e princípios e até mesmo nos colocamos no papel de pouco conhecedor da nossa fé para não precisar lidar com aquilo que para nós é difícil. Mas, nesse meio, onde fica o respeito às tradições da nossa religião? Podemos questionar a tradição? Sim, pois somos seres racionais e utilizamos de uma lógica humana e não devemos crer cegamente em tudo, mas devemos nos aprofundar em tais questionamentos como um processo de fortalecimento de nossa fé, para compreendermos a dimensão do alicerce de mais de 2000 anos de uma instituição inspirada pelo Espírito Santo. Para dizer que se acredita em algo, não basta apenas acreditar em parte, e sim no todo. 

Palavras-chave: relativização da Verdade; Verdade única; tradição da igreja; questionar para compreender/aprofundar.

AGOSTO

 

01.AGO A 07.AGO – ESTUDO - VOCAÇÃO LEIGA NA COMUNIDADE

Vocação é um eco de Deus a ressoar dentro da alma humana, uma vontade que o Senhor teve de que todos tivessem uma atividade específica a desempenhar.

Além das vocações fundamentais, que são ao amor e à santidade, temos as vocações específicas e uma delas é a vocação do leigo, que pode ser vivida no matrimônio, como leigo consagrado ou solteiro.

Conforme a exortação Christifideles Laici, “A comunhão eclesial é, portanto, um dom, um grande dom do Espírito Santo, que os fiés leigos são chamados a acolher com gratidão e, ao mesmo tempo, a viver com profundo sentido de responsabilidade. Isso é concretamente realizado através da sua participação na vida e na missão da Igreja, a cujo serviço os fiéis leigos colocam seus variados e complementares ministérios e carismas”. Desta forma, fica-se evidente a grande importância do leigo para a funcionalidade da vida em comunidade. Que possamos refletir sobre essa vocação e sobre a atuação em comunidade.

Palavras-chave: vocação leiga; importância do leigo; Christifideles Laici; comunhão eclesial.

 

 

08.AGO A 14.AGO – COMPORTAMENTO - SINCRETISMO RELIGIOSO E ECUMENISMO. COMO ME PORTAR? 

 

Sincretismo religioso e ecumenismo. O que significam essas duas expressões? Em algum momento da nossa vida já devemos ter ouvido alguma delas pelo menos mas agora vamos nos apropriar desses conceitos e entender o que a Igreja nos diz sobre cada um deles. Moramos numa cidade onde há grande sincretismo, muita informação é veiculada e propagada sem se ter conhecimento pleno a respeito. Qual a melhor forma de nos conscientizarmos? Sabemos que a Campanha da Fraternidade é ecumênica. Mas o que isso significa? Para quem ela se dirige? Sabendo mais sobre esses termos, poderemos compreender como devemos nos comportar em relação aos ideais abarcados por eles.

Palavras-chave: diálogo inter-religioso; sincretismo; ecumenismo.

 

 

15.AGO A 21.AGO – ESTUDO - 10 MANDAMENTOS 

 

Estamos tão habituados a ouvir esse nome, não é mesmo? Mas será que de fato conhecemos bem do que se trata? Eles são a base da nossa fé e conduta, precisamos conhecê-los a fundo, sair do superficial trazido apenas pelo nome. Então vamos nessa destrinchar esses mandamentos para trazê-los cada vez mais pra perto de nossa vida!

Palavras-chave: 10 mandamentos; armas contra pecado mortal; base da fé.

 

 

22.AGO A 28.AGO – ORAÇÃO -  SANTA TERESA D’ÁVILA E SEUS CONSELHOS PARA UMA VIDA DE ORAÇÃO

 

Nascida em Ávila, desde pequena Santa Teresinha meditava sobre a vida dos santos e mártires, crescendo em seu caminho na vida religiosa. Ela aprendeu a prática da oração vocal com suas irmãs agostinianas e acreditava que a melhor forma de rezar seria através da meditação e do recolhimento. Fixando o pensamento nos mistérios da humanidade de Cristo – redenção e amor -, apresentava sua oração de uma forma mais contemplativa. Por isso, em sua profunda vivência de diálogo com Deus, nos deixa onze conselhos para enriquecer nossa vida de oração. Que possamos através disso, nos entregar mais intimamente a este contato com o Pai.

SETEMBRO

29.AGO A 4.SET - ESTUDO - AS ORDENS 

 

As ordens religiosas, para a vida consagrada na igreja católica, são muito comuns. Hoje, existem basicamente 4 tipos de ordens religiosas:

  • Monásticas: formadas por monges enclausurados em mosteiros.

  • Mendicantes: formadas por frades ou freiras que vivem em conventos.

  • Regrantes: formada exclusivamente por cónegos.

  • Clérigos regulares: formada exclusivamente por clérigos regulares ou consagrados.

Existem inúmeras ordens, cada uma iniciada por seu líder e identificada por seu carisma particular. Como podemos nos identificar nessas ordens e aprender mais sobre tais? Será que conseguimos relacionar as ordens com os projetos do nosso Movimento? 

Palavras chave: Beneditinos, Agostinianos, Carmelitas, Franciscanos, Mercedários, Jesuítas, carisma, identificação

5.SET A 11.SET - ESTUDO - AS MULHERES DA BÍBLIA

Neste mês da Bíblia, vimos a importância de nos aprofundarmos em temas pouco discutidos em nossa comunidade, nossos grupos e nossa vida cristã, dentre eles, o papel das mulheres na Bíblia. Quando pensamos em uma mulher nas passagens bíblicas, subitamente advém a imagem de Maria em nossas mentes. Mas só a mãe de Cristo teve um papel relevante nas histórias do povo de Deus? Quais são as outras personagens femininas e qual importância de cada uma? Sara, Ester, Rute, Raquel, Débora, Ana, Marta, Isabel, Maria Madalena. O que essas mulheres têm a nos ensinar?

Palavras-Chave: Mulheres na Bíblia; atuação e virtudes; exemplos.

 


12.SET A 18.SET -  ORAÇÃO - O CICLO DA INCONSTÂNCIA HUMANA

Deus nos fez a sua imagem e semelhança e através dos ensinamentos de seu filho Jesus Cristo nos convoca a viver em clima de oração. As contingências do mundo por vezes nos faz ter contato com a instabilidade emocional,  espiritual e da fé (C.S. Lewis) que é próprio da nossa condição de humano. Assim, a partir do pecado original, a inconstância, os altos e baixos podem ocorrer na vida de qualquer pessoa em maior ou menor grau. Quando algo acontece em uma dimensão da nossa vida inevitavelmente afetará também as outras dimensões, afinal o ser humano é tido como biopsicossocial e espiritual formando uma totalidade indivisível.
Se, por exemplo, a fé, por algum motivo, for abalada isso afetará em outros campos da vida e da relação homem/homem e homem/mundo.
Porém, mesmo com momentos de instabilidade da essência humana -vinda do pecado original- é Cristo que se faz morada em cada um. É com oração que podemos nos conhecer, conhecer nossos anseios, dúvidas e os motivos das nossas fraquezas e assim reencontrar sempre o oásis de nossa existência: Deus!
Oremos para que possamos primeiramente e principalmente:

  • Compreender esta nossa condição 

  • O que Deus quer nos ensinar com essas oscilações - a depender de cada experiência pessoal 

  • Para que saibamos encontrar, nos momentos mais escuros, o único Porto seguro capaz de nos acompanhar nessa trajetória. 

Sugere-se partilha (não sendo o principal) sobre experiências pessoais da inconstância natural e utilizar a passagem de Pedro tentando caminhar sobre as águas.

Palavras-Chave: Instabilidade humana; 'aumentai minha fé'; compreender momentos; 


19.SET A 25.SET - TEMA LIVRE

OUTUBRO


26.SET A 02.OUT - COMPORTAMENTO - DOCUMENTO: "SEXUALIDADE HUMANA: VERDADE E SIGNIFICADOS" CAPÍTULOS 1, 2 e 5

 

A sexualidade é um presente de Deus ao homem e faz parte de sua natureza. Este sinal de Deus em nós, presente em todos as fases da vida e ela pode ser exercida de uma forma ampla e complexa. Deve-se evitar o erro de reduzir ou banalizá-la a algo muito menor do que ela realmente é, pois está vinculada à nossa vocação na Terra. Estudemos especificamente os capítulos I, II e V do documento de 1995.

https://goo.gl/xzDslM

Palavras-Chave: sexualidade; significado; como vivê-la; castidade; pureza.

03.OUT a 09.OUT – COMPORTAMENTO - OUTUBRO, MÊS DAS MISSÕES


O Projeto Missionárias irá realizar uma peregrinação nos zonais e projetos, sendo nos zonais acompanhados de um membro do zonal.
Em outubro a igreja nos chama a refletir sobre as missões. Mas o que a igreja entende como missão? Será que entendemos e colocamos em prática o verdadeiro significado desta palavra? Jesus envia seus escolhidos a evangelizar e ser a boa nova a toda criatura. São muitos os exemplos, como Paulo, Madre Tereza de Calcutá e Padre Anchieta, que amaram e serviram intensamente seus irmãos e irmãs. Também nós devemos ser o sal da terra e luz do mundo para o próximo (que nem sempre é aquele que está do nosso lado), pois através das nossas ações, podemos ser a única bíblia que o outro pode ler.
* Sugerir ato concreto.

10.OUT a 16.OUT – ORAÇÃO - MOMENTO DE ORAÇÃO EM PROL DAS CIDADES E DO ANUAL


Será realizado no sábado, dia 15/10, com os alpinistas que não vão participar do encontro anual. Foi sugerido que os membros do GC que não forem pro anual compareçam/contribuam na realização da reunião/zonal de oração.
Todos sabemos o quanto é importante que rezemos por nossos irmãos. Por sinal, “rogar a Deus pelos vivos e pelos mortos” é uma das obras espirituais de misericórdia, que é o tema desse ano, no Movimento. De acordo com esse tema, somos chamados a sermos sinais de misericórdia junto a juventude. Desta forma, continuemos em clima de oração, pedindo para que o encontro, que acontecerá neste final de semana, possa se frutificar e acontecer – diariamente – em nossas vidas.

17.OUT A 23.OUT – ESTUDO - CARACTERÍSTICAS PRÓPRIAS ENTRE O NOVO E O ANTIGO TESTAMENTO.


A bíblia é dividida em antigo e novo testamento, mas o que significa essa divisão?
Neste primeiro (de Gênesis a Malaquiais), encontramos a história antes de cristo, onde se prevalece a Lei Judaica a partir da antiga aliança. A imagem de Deus muitas vezes é vista como um ser soberano e punitivo, mas será somente isso? No novo testamento (de Mateus a Apocalipse), iniciado no nascimento de Cristo, temos a imagem de um Deus misericordioso que se sacrificou por todos
nós, renovando a aliança entre Deus e o homem através de seus ensinamentos de sabedoria e suas ações do mais puro amor. Lembremos que Jesus não veio para abolir, porém complementar a Lei. Logo, o novo testamento não diverge do novo, porém complementa.
Estudemos sobre a relação de Deus (Pai, Filho e Espírito Santo) com os principais personagens do antigo e novo testamento: Abraão, Moisés e Davi; Pedro, Paulo e Maria.

24.OUT A 30.OUT – COMPORTAMENTO - TOLERÂNCIA NO MUNDO ATUAL. COMO DEVEMOS NOS PORTAR? 

Diante do cenário de crise humanitária ao qual estamos imersos, nós como cristãos somos diariamente questionados sobre nossa religião e fé. Frequentemente nos vemos debatendo e sendo “bombardeados” por críticas e acusações acerca de extremismos e radicalismos ligados a qualquer vertente religiosa. Portanto, assumindo nosso dever e o carisma que carregamos, qual deve ser nosso comportamento e postura perante tais situaçōes? De onde devemos tirar embasamento para nos munir de conhecimento e poder desconstruir paradigmas?
Palavras chave: Tolerância; Encontro inter-religioso de Assis Desconstrução; Estudo.
Musicas indicadas: Total Dimensão; Transformação

NOVEMBRO

31.OUT A 06.NOV – ORAÇÃO - COMUNHÃO DOS SANTOS

Todos nós somos seres passageiros, que através dos ensinamentos de Jesus Cristo, devemos buscar deixar a nossa marca neste mundo. Somos suscetíveis, ao longo da nossa vida, a perdas de pessoas próximas e que amamos. Não podemos deixar que a tristeza tome conta da nossa vida, e nem que abale a nossa fé. Devemos buscar entender o plano de Deus através da oração. A oração, fortaleza de todo cristão, deve se fazer presente principalmente nos momentos de mais fragilidade. Oremos por todos aqueles que já se foram, fortalecendo nossa unidade através da comunhão dos santos.

07.NOV A 13.NOV – TEMA LIVRE

14.NOV A 20.NOV – ESTUDO - O CONTEXTO DO PECADO ORIGINAL NO GÊNESIS

O livro do Gênesis, além de narrar a história da criação, trás o marco da entrada do pecado original na essência humana.Pois, no princípio o homem vivia em harmonia com Deus e toda a sua criação, mas havia o limite representado pela árvore proibida, porque tudo é permitido, mas nem tudo nos convém. Assim, movidos pelo desejo de ser mais que Deus, Adão e Eva cometem o primeiro pecado da desobediência e da soberba, então rompem com a harmonia que existia, tendo que lidar com as consequências de sua escolha e deixando isso para as futuras gerações.Todavia, Deus em seu infinito amor e misericórdia deu ao mundo a solução para a mancha do pecado original através de Jesus, que foi concebido sem pecado e morreu para nos dar a chance da conversão e do arrependimento, mas para isso é necessária a nossa decisão, pois temos o livre arbítrio.
Palavras chaves: Gênesis, pecado original, desobediência, limites, livre arbítrio, misericórdia

21.nov a 27.nov - REUNIÃO DE ORAÇÃO - ORAÇÃO DE CONFISSÃO DE PECADOS


A oração de confissão de pecados é importante porque Deus nos convidou a aproximar-nos d'Ele com o intuito de buscar o Seu perdão. Não devemos perder o hábito do deserto, contrição, arrependimento (Mateus 11:28-30) e confissão, muito menos deixá-lo apenas para o tempo litúrgico da quaresma, pois tais ações e o sacramento de reconciliação fazem parte da rotina do cristão. 

O primeiro passo é o reconhecimento do pecado casual ou habitual na própria vida, e para isso é necessário a oração. Neste sentido, peçamos que:

  • Saibamos reconhecê-los, também de forma específica e não genérica (Daniel 9:4-19)

  • Saibamos reconhecer quais desculpas criamos para evitar o arrependimento / a trave no olho que nos impede de enxergar nossas faltas

  • Deus nos revele sinais para que saibamos enxergá-los


Os passos do arrependimento após o reconhecimento dignifica uma alma, pois esta se reconhece como humilde e pequena diante de Deus Amor. Peçamos também a intercessão de Maria - que nunca se submeteu ao pecado do orgulho - (Lc 1, 48) pela humildade e pelo amolecimento do nosso coração.

Palavras-chave: reconhecimento, arrependimento, humildade, atitude
Músicas: Guetos, Digno, Perdoa-me


http://www.sermao.com.br/sermoes/a_oracao_da_confissao/

A oração da confissão | Sermão Online
www.sermao.com.br


Introdução e Definições. A confissão é o reconhecimento de um fato acerca de si próprio ou de outro. Assim sendo, ela pode desvendar os pecados pessoais, em ...

http://www.arcanjomiguel.net/ora_confissao.html

 

DEZEMBRO

28.nov a 4.dez - REUNIÃO DE ESTUDO:  O QUE VOCÊ SABE SOBRE ADVENTO?

O Advento é o tempo de preparação para a chegada de Jesus, então devemos nos preparar espiritualmente para isso. Vamos entender como funciona esse período que consiste em quatro semanas com simbologias próprias. Por que as cores do Advento mudam semanalmente? Qual o significado de cada membro do presépio? Vamos procurar entender essa simbologia para viver melhor o Advento.
Palavras chave: espera, esperança, silêncio, temas de cada semana Musica: Novo Tempo, Eterno Advento

05.dez a 11.dez - TEMA LIVRE

12.dez a 18.dez - REUNIÃO DE ATUALIDADE / COMPORTAMENTO: ENTÃO É NATAL, E O QUE VOCÊ FEZ?


Estamos chegando em mais um final de ano, mais um ciclo está se fechando.  O que aprendemos com as conquistas e as derrotas desse ano? Você fez a diferença na vida de alguém? A nossa fé se fez mais forte? Como esteve o equilíbrio da nossa cruz? O que podemos levar deste ano para novas atitudes e mudança de comportamento no ano de 2017? Como a chegada do Menino Deus pode nos ajudar nessa nova era de transformação.
Palavras chave: retrospectiva, balanço anual da espiritualidade, legado de 2016 para os próximos, Nascimento de Jesus em nossa vida espiritual
Músicas: Novo dia, É natal

Bahia - Pernambuco - Sergipe

© 2016 por Movimento Escalada.